Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A Fala do Índio

por Carlos Pereira \foleirices, em 24.09.08

 A 17 de Junho de 1744, os comissários da Maryland e da Virgínia negociaram com os índios das Seis Nações, em Lancaster, na Pensivânia, um tratado. Os Índios, na sequência desse tratado, foram convidados a enviar rapazes seus para o Colégio William & Mary. Os Índios, no dia seguinte, declinaram a proposta, da seguinte maneira:

 

"Sabemos que muito estimais o tipo de ensino ministrado nesses colégios, e que a permanência neles dos nossos jovens vos haveria de ficar muito cara. Estamos convencidos de que nos quereis fazer bem com a vossa proposta; e de todo o coração vos ficamos gratos. Mas vós, que sois sagazes, deveis saber que nações diferentes têm diferentes concepções das coisas, e por tal razão não havereis de levar a mal acontecer não serem as nossas ideias acerca deste tipo de educação as mesmas que as vossas. Alguma experiência disso temos tido. Vários dos nossos jovens foram outrora educados nos colégios das províncias do Norte, e viram-se instruídos em todas as vossas ciências; porém, quando voltaram ao nosso seio, mostraram-se maus corredores, e ignorantes de todos os meios de viver nos bosques... não eram bons, nem como caçadores, nem como guerreiros, nem como conselheiros; para nada tinham préstimo.

 

Ficamo-vos todavia muito gratos pela vossa afável oferta, apesar de a não podermos aceitar; e a fim de vos mostrarmos o nosso sentido de gratidão, se os cavalheiros da Virgínia nos mandarem para cá uma dúzia de seus filhos, nós tomaremos conta da educação deles, em tudo quanto sabemos os instruiremos, e deles faremos homens."

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:51


A Fala do Índio

por Carlos Pereira \foleirices, em 24.09.08

"A Terra foi criada com a ajuda do Sol, e deveria ser deixada como era... O país foi feito sem fronteiras, e não cabe ao homem dividi-la... Bem vejo os brancos enriquecerem pelo país fora, e vejo o desejo deles de nos darem terras sem valor... A terra e eu somos do mesmo espírito. A medida da terra e a medida dos nossos corpos são as mesmas. Dizei-nos, se a tal vos atreveis, que fostes enviados pelo Poder Criador para nos falardes. Julgais por certo que o Criador aqui vos enviou a fim de dispordes de nós como julgais legítimo. Se eu pensasse que fostes enviados pelo Criador, seria levado a julgar que teríeis o direito de dispor de mim. Não me entendias mal; procurai, pelo contrário, entender por completo a minha afeição pela terra. Eu nunca proclamei que a terra é minha, a fim de fazer dela o que me aprouvesse. Quem tem direito a dispor dela é quem a criou. Requeiro pois o direito de viver na minha terra, e a vós concedo-vos o privilégio de viver na vossa."

 

Hin-Mah-too-yah-lat-kekt (Chief Joseph), dirigente da tribo dos Nez Percé

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:33


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas