Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


O que é ser enfermeiro em Portugal

Onze enfermeiros dão a cara e falam sobre o seu dia a dia, entre horários loucos, noites sem dormir, salários baixos e agressões nas urgências

LER AQUI O ARTIGO PUBLICADO NA REVISTA VISÃO DA RESPONSABILIDADE DE SÍLVIA CANECO

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:52

 Notícia retirada do Jornal on-line DIÁRIO DE NOTÍCIAS

 

 

Este tipo de intervenção "tem ainda a vantagem de diminuir a exposição do doente ao ambiente hospitalar e de reduzir os inerentes custos do SNS com essa estadia", de acordo com Miguel Paiva

O Centro Hospitalar  de Entre Douro e Vouga (CHEDV) revelou esta sexta-feira ter realizado com sucesso as primeiras cirurgias endoscópicas a hérnias discais pelo Serviço Nacional de Saúde, num procedimento menos invasivo, com agressão mínima e mais fácil recuperação.

Em causa estão quatro discectomias (excisão parcial ou total de um disco intervertebral herniado) lombares totalmente endoscópicas, realizadas em Santa Maria da Feira pelo Serviço de Ortopedia e Unidade de Coluna do Hospital São Sebastião, que é um dos três sob administração do CHEDV.

"O Hospital São Sebastião é o primeiro hospital público do país a realizar esta cirurgia inovadora que, sendo muito menos invasiva do que uma intervenção convencional aberta, representa maior conforto para o doente e menos tempo de internamento pós-cirúrgico", declarou à Lusa Miguel Paiva, presidente do conselho de administração do CHEDV.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:27


#1820 - Os ventos que sopram a Oriente, com muito amor!

por Carlos Pereira \foleirices, em 22.01.13

Ministro japonês diz que idosos doentes devem “morrer rapidamente” para o bem da economia

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:31

Wolfgang Wodarg,  presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa, diz que a Gripe A foi uma falsa pandemia e que é “um dos maiores escândalos médicos do século.”

O Conselho da Europa discute hoje o modo como a Organização Mundial de Saúde encarou a gripe A e o presidente da comissão parlamentar teceu duras críticas ao modo como o mundo gastou dinheiro na compra das vacinas.


O médico, especialista em epidemiologia, disse em declarações à TSF que “o diagnóstico era falso e custou muito dinheiro.” Wolfgang Wodarg considera que este  foi um negócio para a indústria farmacêutica e que é escandaloso.

Segundo o responsável europeu, a resposta dos governos fez com que os cidadãos perdessem “a confiança na OMS” que deve agora repensar as respostas a este tipo de situações dado que em relação à gripe A foi dado “um alarme desnecessário.” Wolfgang Wodarg diz ainda que é desnecessário vacinar grávidas e crianças porque “deve encarar-se como uma gripe normal.”

In Jornal i

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:25


#1021 - Mais de 500 enfermeiros saem do País

por Carlos Pereira \foleirices, em 09.11.09
Mais de 500 enfermeiros saem do País

Pelo menos dez empresas, algumas das quais com agências em Portugal, estão neste momento a recrutar para países europeus, Canadá e Arábia, neste caso a troco de salários milionários.

 

Oferecem-se três mil euros de salário livre de impostos, casa, serviços médicos e voos gratuitos, 64 dias de férias por ano. A oferta de trabalho da ProfCo, para a Arábia Saudita, destina-se a enfermeiros portugueses e é uma das muitas que se encontram nos portais de emprego, anúncios de jornal e fóruns dedicados à profissão. Só entre as empresas contactadas pelo DN foram ou vão ser colocados mais de 500 enfermeiros, entre 2008 e 2010. E a tendência é para o recrutamento aumentar.

 

A Professional Connections, com sede na Finlândia, é uma das maiores recrutadoras para o Reino Unido e está agora à procura de portugueses para colocar na Arábia Saudita (ver texto ao lado). Em 2010, e apesar de ainda não haver dados muito específicos, pensam contratar "pelo menos cem enfermeiros portugueses", refere ao DN Ann Griffin, gestora da empresa. Habitualmente, estes hospitais recorriam a países escandinavos, à Irlanda, Inglaterra "porque o inglês era melhor e estavam mais abertos ao recrutamento, o que agora já é mais difícil".

A Prof Co, que admite contratar para os hospitais de Londres, não é caso único. Há cada vez mais unidades hospitalares estrangeiras a contratar enfermeiros portugueses, especialmente para destinos como o Reino Unido, Bélgica, França, Canadá ou Arábia Saudita.

 

As condições são muito apelativas, especialmente quando há milhares de enfermeiros desempregados ou em condições precárias. Há sobretudo interesse em recrutar enfermeiros especializados, em áreas como a saúde materna, cuidados intensivos, cardiologia, entre outros, mas aos recém-licenciados as empresas também não recusam trabalho.

 

A CLR Healthjob, empresa que tem sócios espanhóis mas também um português, Ricardo Damas, está também interessada neste mercado. "Contratámos quinze profissionais em 2008, mas para ir para hospitais da zona de Barcelona. Mais tarde contratámos mais cinco para Madrid", refere. Entretanto, o mercado espanhol fechou e a empresa começou a investir noutros mercados, como o londrino. "Neste momento estamos a recrutar enfermeiros para Londres. Perspectivamos contratar 40 enfermeiros nesta primeira fase, para integrar em meados de Dezembro, e depois, mensalmente, recrutar quatro a seis", conta.

 

Liliana Rodrigues, consultora inglesa da HCL International, conta ao DN que "desde 2008, já foram trabalhar para o Reino Unido mais de 150 portugueses". Com inúmeros clientes, públicos e privados, a empresa está sempre a recrutar, especialmente se os recursos forem especializados.

 

A Best Personnel Limited, com agência em Portugal, está agora a recrutar 50 enfermeiros para o Reino Unido, mas admite querer empregar "mais de cem portugueses para o Canadá", onde pagam em média 55 mil dólares por ano, segundo Sylwia Markiewics. Outras empresas enchem os portais de emprego, como o da Contexte Médical ou o da Moving People. [In "DN"]

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:01


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas