Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



#2067 - Auto-retrato em 3X4

por Carlos Pereira \foleirices, em 19.06.16

 JOÃO MELO

 

AUTO-RETRATO 3X4

 

Sou um homem de muitos silêncios e raras eloquências,

inesperadas paixões programadas,

alguns medos, optimismos inúteis

e, principalmente, uma vasta e apaziguadora preguiça.

O meu coração está preso desde uma tarde distante

a uma só mulher,

excepto nos interlúdios.

Escrevo cada vez mais desesperadamente.

Às vezes tenho pensamentos incestuosos.

Se não fossem as consequências,

juro que cometeria um pequeno crime.

A vida trespassa-me como uma faca,

mas não consigo agarrá-la.

 

Poema de João Melo

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:07


#2066 - The serial killer

por Carlos Pereira \foleirices, em 18.06.16

JOÃO MELO

 

- O seu nome?

- Qual deles?

- Bem, como é que você se apresenta?

- Depende...

- Depende?

- Sim, depende. Não sabe o que é depender?

É...

- Sei,sei. Mas depende de quê?

- Ora, não imagina? Do contexto, das minhas conveniências...

- Explique-se melhor...

- Já vi que a senhora é ingénua.

- Sou escritora.

- Ah, está bem... E posso saber  porquê que quer saber o meu nome? Desculpe, mas não posso deixar de fazer esta pergunta...

- É simples. Tenho de escrever uma estória sobre

- Sobre mim? Quer dizer que eu vou passar a ser uma personagem literária e não apenas um indivíduo? Sem falsas modéstias, eu não acho que a minha vida seja tão emocionante assim... De certo modo, é mesmo muito chata!...

- Na verdade, não é bem sobre si.  A sua vida será apenas o pretexto que pretendo utilizar para demonstrar que, qundo os países estão em crise, a líbido dos povos aumenta, podendo mesmo ficar completamente descontrolada. É uma tese inovadora - reconheço -,  mas estou plenamente convencida da sua justeza.

- Concordo. Em tempo de crise, os homens descobrem as suas três vocações realmente essenciais: rezar, roubar e fornicar.

- As crises são, sobretudo, morais...

- É a sua opinião. A minha...

- Ora, segundo me disseram, o senhor é um exemplo desse, digamos assim, «acirramento sexual» típico das situações de crise.

- Faço o que posso, faço o que posso... Mas vale mesmo a pena contar a minha vida aos seus leitores?

- É evidente que sim. Mas, por favor, não percamos tempo. Quanto mais depressa me responder, mais depressa este conto termina...

- Costuma dizer-se que quem conta um conto acrescenta um ponto...

- Tentarei ser o mais justa e objectiva possível. Diga-me lá: como é que você se chama?

- Tenho um nome de guerra, mas só o uso em ocasiões especiais.

- Alguém lhe chamou, uma vez, porco machista...

- Isso é um slogan. Não é um nome.

- É angolano?

- Sim. Mas poderia ser malaio. Esquimó, não, por causa do frio.

- Descreva-me a sua família.

- A extensa ou a restrita?

- Como são as suas relações coma sua mãe?

- Esteja sossegada, que não desejo matá-la.

- A sua mulher já o traiu alguma vez?

- O amor tem de ser testado, nem que seja só de vez em quando...

- Quantas mulheres é que já levou para a sua cama?

- É a escritora que quer saber isso ou é a mulher?

- Tem problemas políticos?

- Não.

- E com o fisco?

- Também não.

- Ou com a Igreja?

- Sou ateu, graças a Deus.

- Tem inimigos?

- E se os tiver?

- Diga-me porquê que escreveu esta frase: «Foder é um dever revolucionário!»?

- Adivinhe. Ou então invente. A escritora é você...

- Mas não há mesmo nada de errado  consigo?

- Até conhecê-la, não...

- Bolas! A sua vida não tem nenhum enredo!

- Eu avisei-a... Aliás, só a literatura é que precisa de enredo. A vida não passa de uma sequência de acasos e coincidências...

- Não posso escrever sobre si sem uma boa intriga. O que é que os meus leitores vão dizer?

 

- Mata-me! Mata-me!

 

- Quer mesmo saber o meu nome?

- Hum...

- Chamam-me The Serial Killer. Acha apropriado?

 

Conto de JOÃO MELO

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:07


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas