Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


“Aconteceu uma coisa terrível na Educação: tudo tem de ser divertido, nada pode dar trabalho” - afirmações da escritora Alice Vieira em entrevista ao jornal Público.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:46


Leitura de Outros Blogues

por Carlos Pereira \foleirices, em 09.01.09
Educação- Lídia Jorge
View SlideShare document or Upload your own. (tags: jorge lídia)

EDUCAÇÃO: ponto da situação por Lídia Jorge


Nestes tempos de furor autoritário e de cárcere Sócratista, em que tudo e todos estão reféns da charamela do novo Partido Popular (moderado), é grato ler alguém que ouse ir contra essa bravata do"grande reformador" que os zeladores da ordem e da situação apodam ao "grande educador" Sócrates

 Os docentes foram, durante o ano que passou, a única "tribo" a repudiar tais teorias postas a correr por gente ignorante e sem escrúpulos, alguns com copiosos interesses no sistema e no pensamento único. E a única classe profissional a exercer, em plenitude, oexercício de cidadania.


A discrição do intelectual nativo, neste assunto da resistência da classe docente contra o fim da  Escola Pública e da Educação, foi total. Não se ouviu do repertório intelectual indígena, curiosamente sempre alvoroçado em abaixo-assinados & outras ilustradas sentenças, nenhuma posição sobre os atropelos do Ministério da Educação contra a classe mais ilustrada do país. E que sempre, com elevada solidariedade, esteve ao lado dos que lutam contra o medo, pela democracia contra o despotismo, pela liberdade contra a ignorância. O desprezo de toda essa corja de putativos intelectuais pelos cidadãos, passado o tempo da ditadura e agora muito bem instalados na vidinha, explica em parte as décadas de atraso cultural (social e económico) deste malfadado país.


Por isso o desagravo da escritora Lídia Jorge  [Público, 9 de Janiero de 2008, p. 38] soou alto, nesta miséria caseira. Por isso, o texto que corajosamente ofereceu a este colégio interno onde habitamos, foi generoso e até, mesmo, benevolente. E por tudo isso, merece ser lido e reflectido. E arquivado.



Nota :

clicar no Fullscreen para ler tudo.

 

Post retirado do blog "Almocreve das Petas"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:30


Educação: Alegre denuncia «clima de guerra civil»

por Carlos Pereira \foleirices, em 12.11.08

 Na apresentação do segundo número da revista de Opinião Socialista Ops! dedicado ao tema «A Questão Educativa: do básico ao superior», Manuel Alegre manteve as críticas à ministra da Educação, falou num «clima de guerra civil» e confessou que já não tem paciência para o «quero, posso e mando».

 

IOL Diário

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:05


A Fala do Índio

por Carlos Pereira \foleirices, em 24.09.08

 A 17 de Junho de 1744, os comissários da Maryland e da Virgínia negociaram com os índios das Seis Nações, em Lancaster, na Pensivânia, um tratado. Os Índios, na sequência desse tratado, foram convidados a enviar rapazes seus para o Colégio William & Mary. Os Índios, no dia seguinte, declinaram a proposta, da seguinte maneira:

 

"Sabemos que muito estimais o tipo de ensino ministrado nesses colégios, e que a permanência neles dos nossos jovens vos haveria de ficar muito cara. Estamos convencidos de que nos quereis fazer bem com a vossa proposta; e de todo o coração vos ficamos gratos. Mas vós, que sois sagazes, deveis saber que nações diferentes têm diferentes concepções das coisas, e por tal razão não havereis de levar a mal acontecer não serem as nossas ideias acerca deste tipo de educação as mesmas que as vossas. Alguma experiência disso temos tido. Vários dos nossos jovens foram outrora educados nos colégios das províncias do Norte, e viram-se instruídos em todas as vossas ciências; porém, quando voltaram ao nosso seio, mostraram-se maus corredores, e ignorantes de todos os meios de viver nos bosques... não eram bons, nem como caçadores, nem como guerreiros, nem como conselheiros; para nada tinham préstimo.

 

Ficamo-vos todavia muito gratos pela vossa afável oferta, apesar de a não podermos aceitar; e a fim de vos mostrarmos o nosso sentido de gratidão, se os cavalheiros da Virgínia nos mandarem para cá uma dúzia de seus filhos, nós tomaremos conta da educação deles, em tudo quanto sabemos os instruiremos, e deles faremos homens."

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:51


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas