Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




“Diário de luto”, que reúne os escritos inéditos do francês Roland Barthes após a morte da mãe, é publicado esta semana pelas Edições 70.


A obra, “Journal du deuil” no original, foi editada em final de Fevereiro com chancela das Éditions Seuil, envolta em alguma polémica. François Whal, editor e seu amigo, considerou que os textos até então inéditos não seriam do agrado do próprio Barthes, que era “muito cuidadoso”.


No dia seguinte ao da morte da mãe, a 26 de Outubro de 1977, Roland Barthes iniciou um “Diário de Luto” que escreveu até 15 de Setembro de 1979.


Nathalie Léger, responsável pela fixação de texto e notas, afirma na introdução que Barthes “escreve a tinta, e por vezes a lápis, em fichas que ele próprio prepara a partir de folhas A4 cortadas em quatro, e das quais mantém sempre uma reserva em cima da mesa de trabalho”.


Nas 330 fichas, dia a dia, o ensaísta registou as suas impressões, emoções e sentimentos, face ao luto da mãe, Henriette Binger que faleceu aos 84 anos. Henriette casou com Louis Barthes aos 20 anos, foi mãe aos 22 e aos 23 enviuvou.


Nathalie Léger alerta na introdução que este não é “um livro concluído pelo autor mas a hipótese de um livro por ele desejado”.

Fonte da editora portuguesa disse que o outro livro, “Carnets du Voyage en Chine”, que Barthes não tinha também publicado em vida, mas que foi já editado pela Bourgois, sairá em Portugal em Março do próximo ano, quando passam 30 anos sobre a morte do filósofo francês.


Roland Barthes faleceu em 1980, atropelado por um veículo de transporte de carga que, ironicamente, pertencia a uma firma cuja publicidade o escritor criticara nas suas “Mitologias”.


A obra de Barthes influenciou transversalmente ciências humanas, arte e literatura.


As Edições 70 com a publicação de “Carnets du Voyage en Chine” completam a colecção “Obras de Roland Barthes” que integra já 12 títulos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:43


#992 - (Re)Leituras

por Carlos Pereira \foleirices, em 02.11.09



Título: Sinais de Fogo

Autor: Jorge de Sena

N.º pág. 526

Editor: Edições 70, 1978

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:34


#972 - Nova colecção dedicada à narrativa espanhola

por Carlos Pereira \foleirices, em 21.10.09

Já chegaram às livrarias os títulos inaugurais da Minotauro, colecção integrada nas Edições 70 que pretende dar a conhecer ao público português nomes cimeiros da literatura espanhola contemporânea.

A publicação dos títulos da Minotauro irá ocorrer em três períodos ao longo do ano e, embora circunscrita, de momento, a autores consagrados, é intenção dos responsáveis alargarem a publicação a escritores emergentes da literatura espanhola actual.

São três os títulos que já se encontram disponíveis no mercado nacional. Da autoria de Álvaro Pombo, "Contra-natura" narra a história de Javier Salazar, um editor reputado cuja aposentação tranquila chega ao termo no momento em que conhece, por mero acaso, o jovem Ramón Durán.

"Bingo", de Esther Tusquets, também se debruça sobre o ocaso da existência. O protagonista é um sexagenário que lida mal com o envelhecimento, recusando os habituais paliativos para iludir a passagem dos anos. Quando conhece Rosa, uma dotada jogadora de bingo, a sua vida adquire nova e inesperada vitalidade.

Em "Crematório", Rafael Chirbes descreve a existência do já falecido Matías Bartomeu, um ideólogo que trocou a revolução pela agricultura biológica. Através da perspectiva dos amigos que com ele conviveram ao longo dos anos, ficamos a conhecer as várias facetas da vida de Bartomeu.

Além destes três títulos, há outros tantos com publicação assegurada em breve: "Sem necessidade", de Julian Rodríguez; "O perdão dos pecados", de António Fontana, e "O pai da Branca de Neve", de Belén Gopegui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:24


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Posts mais comentados




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas