Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Imaginarius - 9.ª Edição

por Carlos Pereira \foleirices, em 26.05.09
Imaginarius - 9.ª Edição - Companhias
Produção ACE/ Teatro do Bolhão

Produção ACE/ Teatro do Bolhão

Bolina

Duração:
Público-alvo:

A Academia Contemporânea de Espectáculos foi fundada em 1990 e tem como objectivos o ensino, a produção e investigação teatrais. A ACE notabilizou-se pela criação, sob a tutela do Ministério da Educação, de uma Escola Profissional dinamizando a formação nas áreas de Interpretação; Cenografia, Figurinos e Adereços; Luz, Som e Efeitos Cénicos.
Com um plano de formação nascido no meio teatral e fortemente destinado à integração profissional dos formandos, a ACE contribuiu de forma vital para a dinamização e renovação da produção teatral da região e do país

A ACE dinamiza em paralelo a companhia profissional de teatro ACE/Teatro do Bolhão, projecto artístico sólido, firmemente implantado junto do(s) público(s) e da crítica, do qual destacamos as produções A Resistível Ascensão de Arturo Ui, de B. Brecht, Começar a Acabar, de S. Beckett, A Fada Oriana, de Sophia de Mello Breyner, A Ópera do Falhado, de JP Simões, Quem Tem Medo de Virgínia Woolf, de E. Albee, D. Juan, de Molière e a Ronda Nocturna de Lars Norén

 

A actividade piscatória e o litoral são a fonte de inspiração deste espectáculo de rua. Partimos das nossas gentes do mar, dos barcos, das praias e do seu lazer.
Queremos contagiar-vos neste movimento festivo de luz, cor, música e humor.
Música de Fausto “Na Ponta do Cabo”
Direcção: Joana Providência


Agradecimentos:
Miguel Machado, Agostinho Rebelo,
Normandia Silva,
Fechar, Lda.


Circolando

Circolando

Casa-Abrigo

Duração: 90m

Desenvolvendo a sua actividade desde 1999, Circolando propõe espectáculos visuais e interdisciplinares que cruzam o teatro físico, a dança, o teatro de objectos, o circo, a música e o vídeo.

 

Um teatro dançado que habita as paisagens do sonho. Um teatro próximo da poesia que traz histórias libertas de toda a lógica narrativa. Histórias que, mais do que contadas, querem-se livremente inventadas por um espectador contemplativo. Histórias que não pretendem oferecer um sentido, mas despertar todos os sentidos... com imagens, músicas, cheiros, emoções...

 

Um teatro que resulta da pesquisa, da experimentação e do “work in progress”, submetendo continuamente os projectos a novos questionamentos. As estreias, em vez de constituírem o tradicional encerramento do processo criativo, indicam sempre o seu relançamento. Um teatro itinerante com forte difusão internacional, onde a performance, instalação, vídeo vêm então abrindo novos campos de expressão e experimentação.

 

Tomando por pontos de partida as obras de Gaston Bachelard e Louise Bourgeois, chegamos a um conjunto de palavras-chave que nos servem de guia: casas abandonadas, suspensas no tempo, reocupadas pela natureza. Casas que se abriram ao céu, casas que ganharam raízes. Abrigos, refúgios, casulos, ventres. Mulheres-casa-mãe. Fiadeiras e tecedeiras. Aranhas, ovelhas, bichos-da-seda. Fios e novelos. Dobadoiras e teares. Cantos de trabalho. Canções de embalar. Baloiços em sonhos imensos. Sonhos de mar e sal. Sonhos com ninhos de pássaros.
Um concerto-encenado, uma projecção vídeo e várias instalações são os modos que escolhemos para abordar estas temáticas. O cruzamento de várias linguagens artísticas – teatro físico, dança, artes plásticas, música, vídeo – está então na base deste nosso teatro de imagens próximo da poesia.
Com uma componente deambulatória, “Casa-Abrigo” tece fortes relações com o espaço que a acolhe. Cada lugar há-de torná-la um acontecimento único. A recriação contínua é, pois, uma das marcas do espectáculo.

 

Uma criação In Situ / Rede Europeia para a Criação das Artes de Rua / Cultura 2000
Com o apoio de L’Abattoir, Centre National des Arts de la Rue - Ville de Chalon-sur-Saône
Residência de criação: Imaginarius 2009, Centro de Criação para o Teatro e as Artes de Rua de Santa Maria da Feira

 

Circolando é uma estrutura financiada pelo Ministério da Cultura / Direcção Geral das Artes
Outros apoios: Fundação Calouste Gulbenkian e IEFP / Cace Cultural do Porto


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:36


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas