Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Carla Guelfenbein ha obtenido el XVIII Premio Alfaguara de Novela

 

In "El País"

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:42


#1921 - Mia Couto é um dos dez finalistas do Man Booker Prize 2015

por Carlos Pereira \foleirices, em 25.03.15

 

The ten authors on the list are:

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:33

 O Prémio Vergílio Ferreira 2015 foi atribuído à escritora Lídia Jorge. Este galardão incide sobre o conjunto da obra de um autor que se tenha distinguido nos domínios da ficção ou do ensaio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:47


#1899 - Alexandra Lucas Coelho vence Grande Prémio de Romance da APE

por Carlos Pereira \foleirices, em 26.11.13

 

 

 

O romance E a Noite Roda de Alexandra Lucas Coelho (Tinta da China) é o vencedor do Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores (APE) relativo a 2012. O prémio, que tem o valor de 15 mil euros e é co-promovido pela Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, foi atribuído por unanimidade.

 

José Correia Tavares, Ana Marques Gastão, Clara Rocha, Isabel Cristina Rodrigues, Luís Mourão e Manuel Gusmão compuseram o júri, que já se reunira por duas vezes antes de tomar uma decisão final, esta segunda-feira.

 

E a Noite Roda, história de amor entre uma jornalista catalã – Ana Blau, a narradora – e um jornalista belga, batia-se com mais cinco finalistas:O Varandim seguido de Ocaso em Carvangel, de Mário de Carvalho, Jesus Cristo Bebia Cerveja, de Afonso Cruz, A Rapariga Sem Carne, de Jaime Rocha, e O Banquete, de Patrícia Portela.


Jornal "Público on-line"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:54


#1891 - Pierre Lemaitre vence prémio Goncourt

por Carlos Pereira \foleirices, em 05.11.13

 

 

 

O prémio Goncourt foi atribuído esta segunda-feira ao romance Au revoir là-haut , de Pierre Lemaitre, um autor de 62 anos com prestígio consolidado no domínio da ficção policial.

 

Nesta sua primeira incursão no romance histórico, Lemaitre situou a acção na primeira guerra mundial e escolheu como protagonistas dois jovens soldados, Albert e Édouard, sacrificados por um oficial ambicioso e cínico.

 

Criado há 110 anos, em 1903, a actual dotação pecuniária do Goncourt não é propriamente exorbitante : o vencedor recebe apenas uma nota de dez euros. Mas o prestígio do prémio tem uma influência considerável nas vendas dos livros. Os premiados dos últimos anos têm vendido uma média de 400 mil exemplares, cerca de cinquenta vezes a tiragem média de um romance em França.

 

in "PUBLICO" on-line

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:26

.

 

À oitava edição, o Prémio Literário José Saramago foi para Ondjaki, escritor e poeta que nasceu em Luanda em 1977, autor do romance Os Transparentes, publicado pela Caminho em 2012 e que é um retrato de Angola.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:18


#1889 - Mia Couto distinguido com o prémio literário NEUSTADT

por Carlos Pereira \foleirices, em 03.11.13

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:27

 

A escritora neozelandesa Eleanor Catton tornou-se nesta terça-feira, aos 28 anos, a distinguida mais nova com o Man Booker Prize, o galardão literário mais prestigiado do Reino Unido, com a sua novela The Luminaries.

 

O romance é centrado na figura do aventureiro Walter Moody e tem por pano de fundo a corrida ao ouro na Nova Zelândia em meados do século XIX.

O presidente do júri, Robert Macfarlane, descreveu o livro, de 832 páginas, o mais longo dos que já ganharam o prémio, como “deslumbrante”.

 

Catton tinha 25 anos quando começou a escrever o livro e 27 quando o terminou.

 

In "Público"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:36


#1885 - Gabriela Ruivo Trindade vence Prémio Leya

por Carlos Pereira \foleirices, em 15.10.13

 

O romance Uma Outra Voz, de Gabriela Ruivo Trindade, uma portuguesa residente em Londres, ganhou esta terça-feira o Prémio Leya, no valor de cem mil euros. Tal como acontecera com o vencedor da edição de 2011, João Ricardo Pedro, a autora, uma psicóloga de 43 anos, está neste momento desempregada.

 

In

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:34

 

O último romance do escritor angolano José Eduardo Agualusa, Teoria Geral do Esquecimento, é o vencedor do Prémio Literário Fernando Namora 2013.  Esta é a 16.ª edição do prémio no valor de 15 mil euros instituído pelo grupo Estoril-Sol.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:33


#1863 - Amos Oz vence Prémio Franz Kafka 2013

por Carlos Pereira \foleirices, em 30.05.13

Amos Oz – the New Laureate of the Franz Kafka Prize

On Tuesday, 21 May 2013, at its meeting at the headquarters of the Franz Kafka Society, the international expert jury selected the thirteenth laureate of the literary Franz Kafka Prize, namely the Israeli writer Amos Oz (Born in Jerusalem in 1939). As he informed the FKS, Amos Oz is proud and at the same time honoured that he could join his outstanding predecessors.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:18


#1862 - Mia Couto distinguido com o Prémio Camões 2013

por Carlos Pereira \foleirices, em 27.05.13

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:04


#1860 - Lydia Davis vence prémio Man Booker International

por Carlos Pereira \foleirices, em 23.05.13

"I was recently denied a writing prize because they said I was lazy." runs one of Lydia Davis's two-sentence short stories. Well not any more. Davis has just been awarded the fifth Man Booker International Prize at an award ceremony at the Victoria and Albert Museum in London. Her inventive, carefully-crafted and hard to categorise works saw off the challenge from nine other contenders from around the world. The judges - Professor Sir Christopher Ricks, Elif Batuman, Aminatta Forna, Yiyun Li and Tim Parks - recognised that crafting spare, philosophical and original works, however short, is not for the lazy at all but takes time, skill and effort.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:41

O escritor Gonçalo M. Tavares está entre os 25 nomeados para o Prémio de Melhor Livro Traduzido nos Estados Unidos na categoria de ficção, com a obra A Máquina de Joseph Walser , anunciou hoje a editora Caminho.

 

De acordo com a editora, a Three Percent, criada pela Universidade de Rochester, organizadora do galardão patrocinado pela Amazon, anunciou na terça-feira a lista de nomeados, entre os quais constam, além do autor português, Herta Müller, Clarice Lispector e Michel Houellebecq.

 

Gonçalo M. Tavares também está nomeado para o International IMPAC Dublin Literary Award 2013, pelo livro Aprender a rezar na era da Técnica.

Publicado nos Estados Unidos pela Dalkey Archive Press sob o título Joseph Walser’s Machine ( A Máquina de Joseph Walser), o livro foi traduzido por Rhett McNeil.

 

O Prémio de Melhor Livro Traduzido nos Estados Unidos é atribuído anualmente ao melhor livro traduzido para inglês e publicado nos Estados Unidos, tendo habitualmente em conta a qualidade da obra e a tradução.

 

LER MAIS

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:58


#1830 - Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco

por Carlos Pereira \foleirices, em 07.02.13

 

Eduardo Palaio recebe Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco em Fevereiro

“Caixa Baixa” é a obra premiada

 

O Grande Prémio de Conto Camilo Castelo instituído pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão em conjunto com a Associação Portuguesa de Escritores (APE) é entregue ao escritor Eduardo Palaio no próximo dia 22 de Fevereiro, pela sua obra "Caixa Baixa". O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Armindo Costa, homenageia o vencedor do prémio numa cerimónia que vai decorrer na Casa de Camilo, em S. Miguel de Seide, a partir das 10h30. Para além do autarca estarão ainda presentes o presidente da APE, José Manuel Mendes, entre outras personalidades.

 

O prémio referente ao ano 2011, tem o valor de 7.500 euros, e foi atribuído por unanimidade pelo júri constituído por Domingos Lobo, Francisco Duarte Mangas, Serafina Martins e Fernando Miguel Bernardes.

 

"Caixa Baixa", publicado pelas Edições Colibri, reúne cinco contos históricos de Eduardo Palaio, escritor e artista plástico nascido em Sintra em 1942.

 

Eduardo Palaio é o 21.º escritor premiado com este galardão, depois de nomes como Pires Cabral, Mário de Carvalho, Maria Isabel Barreno, Luísa Costa Gomes, José Eduardo Agualusa, Afonso Cruz entre outros.

Refira-se que o Grande Prémio do Conto destina-se a galardoar anualmente uma obra em língua portuguesa de um autor português ou de um país da lusofonia.

 

A cerimónia da entrega do prémio ficará ainda marcada pela oferta à Casa de Camilo de uma tela a óleo do acervo particular da artista plástica Armanda Passos, intitulada “Retrato de Ricardina”, numa alusão ao romance camiliano com o mesmo nome datado de 1868.

 

In "Casa de Camilo"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:15


#1825 - COSTA BOOK OF THE YEAR

por Carlos Pereira \foleirices, em 31.01.13


BRING UP THE BODIES BY HILARY MANTEL NAMED 2012 COSTA BOOK OF THE YEAR

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:33

 

Antonio Muñoz Molina ha sido el escritor elegido por el jurado para recibir este año el prestigioso premio de Literatura de Jerusalén. Se trata de un galardón que se entrega cada dos años y que recientemente han recibido autores como Ian McEwan, Haruki Murakami o J.M. Coetzee. El otro español galardonado en Jerusalén fue Jorge Semprún en 1997.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:24


#1773 - PRÉMIO REVELAÇÃO AGUSTINA-BESSA LUÍS 2012

por Carlos Pereira \foleirices, em 14.11.12


O júri do prémio literário revelação Agustina Bessa-Luís, presidido por Vasco Graça Moura, distinguiu a estreante Marlene Correia Ferraz e o seu romance A Vida Inútil de José Homem, que será agora editado pela Gradiva.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:23

 

O livro “Como se desenha uma casa”, do escritor Manuel António Pina, recentemente falecido, é o vencedor da 8ª edição do Prémio de Poesia Teixeira de Pascoaes, organizado pelo Município de Amarante.

A obra, editada pela Assírio & Alvim, foi escolhida de entre os 166 livros, de cento e cinquenta e nove autores, apresentados a concurso, tendo o júri sido constituído pelos escritores Abel Barros Batista, António José Queiroz, João Paulo Sousa, Joana Matos Frias e Luís Adriano Carlos.

Com entrega marcada para 15 de dezembro, no auditório da Biblioteca Municipal Albano Sardoeira, o Prémio Teixeira de Pascoaes, de periodicidade bienal, foi instituído em 1997, aquando do 120º aniversário do nascimento do poeta.


Ler o resto aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:27


#1768 - Jérome Ferrari vence Prémio Goncourt

por Carlos Pereira \foleirices, em 07.11.12

 

Jérome Ferrari vence o Prémio Literário GONCOURT 2012 com o romance "Le Sermon sur la chute de Rome" (Actes Sud), de acordo com a edição online do jornal "Le Monde"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:41


#1749 - Mo Yan, Prémio Nobel da Literatura 2012

por Carlos Pereira \foleirices, em 12.10.12

 

Mo Yan, escritor chinês, é o vencedor do Prémio Nobel da Literatura 2012. O único livro traduzido em Português, "Peitos grandes e ancas largas" é editado pela Ulisseia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:52


#1746 - Prémio da União Europeia de Literatura 2012

por Carlos Pereira \foleirices, em 09.10.12

 

Afonso Cruz está entre os doze escritores vencedores do Prémio da União Europeia de Literatura 2012 com o seu livro "A Boneca de Kokoschka" (Quetzal). O prémio, no valor de 5 mil euros, permite que os vencedores tenham prioridade de acesso a um programa da União Europeia, para que o seu livro seja traduzido em várias línguas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:43

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:26

 

'Tempo Contado', o livro de J. Rentes de Carvalho, é o vencedor do Grande Prémio de Literatura Biográfica 2010/2011 atribuído pela Associação Portuguesa de Escritores (APE).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:30


#1700 - Philip Roth vence Prémio Príncipe das Astúrias de Letras

por Carlos Pereira \foleirices, em 06.06.12

 

O escritor norte-americano Philip Roth foi agraciado com o Prémio Príncipe das Astúrias das Letras 2012, derrotando na última fase de votações o outro finalista, o japonês Haruki Murakami.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:45


#1699 - Dalton Trevisan distinguido com o Prémio Camões

por Carlos Pereira \foleirices, em 21.05.12

 

Dalton Trevisan foi distinguido com o Prémio Camões, no valor de cem mil euros, anunciou, esta segunda-feira, em Lisboa, o secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas.

A atribuição do Prémio ao autor de "O Vampiro de Curitiba" foi feita por unanimidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:55


#1693 - Orhan Pamuk ganha o prémio Sonning da literatura

por Carlos Pereira \foleirices, em 14.05.12

 

O escritor turco Orhan Pamuk ganhou hoje o prémio Sonning da literatura, o maior galardão cultural da Dinamarca, atribuído pela Universidade de Copenhaga, para recompensar trabalhos de relevância para a cultura europeia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:46


O escritor moçambicano Mia Couto manifestou-se hoje honrado e comovido com a receção do Prémio Eduardo Lourenço 2011, no valor de 10 mil euros, atribuído pelo Centro de Estudos Ibéricos (CEI), com sede na Guarda.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:54


#1661 - As finalistas do Prémio Orange para Ficção

por Carlos Pereira \foleirices, em 17.04.12

 

Três escritoras americanas, uma canadiana, uma britânica e uma irlandesa estão nomeadas para a 17ª edição do Prémio Orange para Ficção que vai ser atribuído a 30 de Maio, em Londres. Entre as seis finalistas está Ann Patchett, a vencedora deste prémio em 2002, e Anne Enright, vencedora do prémio Man Booker, em 2007.

A presidente do júri, Joanna Trollope, considerou terem chegado este ano a uma "shortlist" onde é "notável" a qualidade e variedade. "É um privilégio apresentar esta lista. Só tenho pena que as regras do prémio não permitam que a lista seja mais longa. De qualquer maneira estou convencida de que as 14 obras que tivemos de deixar para trás vão ter o sucesso que merecem", disse a escritora britânica. 

,, que já recebeu o Prémio Orange para Ficção há dez anos, em 2002, com o romance "Bel Canto" (ed. Gradiva), está nomeada, este ano, outra vez. É a terceira vez que a escritora norte-americana é seleccionada e concorre com "State of Wonder", romance que se passa na floresta amazónica, no Rio Negro, e é descrito como "um épico". Reflecte sobre a ciência e a memória através da história de uma cientista que trabalha numa droga que poderá mudar a vida das mulheres para sempre. 

Outra das seis finalistas da 17ª edição do único prémio literário britânico que distingue o trabalho de escritoras em língua inglesa, é a irlandesa Anne Enright, que já venceu o Man Booker em 2007 com "The Gathering" ("Corpo Presente", ed. Gradiva). Foi escolhida por "The Forgotten Waltz", uma obra que trata da "memória do desejo", conta uma história de amor e traição num subúrbio moderno de Dublin. 

Uma primeira obra, "The Song of Achilles", está entre as finalistas. É da escritora norte-americana Madeline Miller, que ensina latim e se inspirou na "Ilíada", de Homero. O júri considerou o livro, que conta a história de Aquiles e das guerras de Tróia, "fabuloso". 

A americana Cynthia Ozick, 84 anos, foi escolhida pelo seu sétimo romance, "Foreign Bodies", e tornou-se na escritora com mais idade a ter estado alguma vez na "shortlist" na história deste prémio. Inspirou-se na obra de Henry James para contar a história de Bea Nightingale, uma nova-iorquina que nos anos 1950 parte para França. 

A única britânica finalista, Georgina Harding, concorre com "Painter of Silence", um romance no tempo do pós-guerra na Roménia sobre Iasi, um homem surdo-mudo artisticamente dotado. 

Por fim, o júri escolheu "Half Blood Blues" da canadiana Esi Edugyan, que foi finalista, do prémio Man Booker 2011 com este romance sobre o remorso e músicos de jazz negros a viver em Paris na altura em que estava ocupada pelos nazis. 

O nome da vencedora do prémio no valor de 30 mil libras (pouco mais de 36 mil euros) vai ser anunciado no dia 30 de Maio numa cerimónia no Royal Festival Hall de Londres. O ano passado o prémio foi atribuído a Téa Obreht pelo "A Mulher do Tigre" (ed. Presença). 

 

In 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:33


#1636 - XVI Prémio Primavera da Novela

por Carlos Pereira \foleirices, em 29.02.12

 

Fernando Savater, filósofo espanhol, venceu o XVI Prémio Primavera da Novela com a obra "Los Invitados de la Princesa".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:21


Poeta José Viale Moutinho distinguido pelo PEN CLUBE DA GALIZA

por Carlos Pereira \foleirices, em 27.02.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:45

 

 

O melhor livro do ano é “Pure”, do jornalista e escritor Andrew Miller, anunciou na terça-feira o júri do prémio literário Costa Book. A história de um jovem engenheiro responsável pela supervisão da demolição do cemitério mais antigo de Paris valeu a Miller 30 mil libras (35 mil euros).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:35


#1590 - Gonçalo M. Tavares vence prémio Fundação Inês de Castro

por Carlos Pereira \foleirices, em 24.01.12

 

O escritor Gonçalo M. Tavares venceu a quinta edição do prémio literário Fundação Inês de Castro, de Coimbra, com o romance "Uma Viagem à Índia".


O júri do prémio atribuiu ainda um Tributo de Consagração a Fernando Echevarría, 82 anos, pelo conjunto da obra literária.


O júri do prémio Fundação Inês de Castro integrou José Carlos Seabra Pereira, Mário Cláudio, Fernando Guimarães, Frederico Lourenço e Pedro Mexia.


O romance "Uma Viagem à Índia", editado em 2010, tem por referência "Os Lusíadas", mas é "uma narrativa de uma viagem contemporânea, no século XXI", como explicou o autor à agência Lusa quando o livro foi lançado.

 

O escritor receberá o prémio - que inclui uma escultura de João Cutileiro - 04 de fevereiro na Quinta das Lágrimas, em Coimbra.


Nas edições anteriores, foram distinguidos Pedro Tamen, Teolinda Gersão, José Tolentino de Mendonça e Hélia Correia.

 

"Uma Viagem à Índia" já valeu a Gonçalo M. Tavares o Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores e o Prémio Literário Fernando Namora/Estoril Sol, tendo sido ainda finalista do prémio Portugal Telecom de Literatura.


Gonçalo M. Tavares nasceu em Angola, em 1970, e já recebeu vários prémios, nomeadamente o Prémio José Saramago 2005 e o Prémio LER/Millennium BCP 2004, ambos para o romance "Jerusalém".


O escritor publicou no final do ano passado o livro "Short Movies".

 

Fernando Echevarría, nascido em Espanha em 1929 filho de pai português e mãe espanhola, recebeu o Grande Prémio de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores 2009 pelo livro "Lugar de Estudo".

 


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:55


#1571 - Finalistas do Prémio Literário Casino da Póvoa 2012

por Carlos Pereira \foleirices, em 12.01.12


 

- A Cidade de Ulisses, de Teolinda Gersão (Sextante)
- As Luzes de Leonor, de Maria Teresa Horta (Dom Quixote)
- Adoecer, de Hélia Correia (Relógio D’Água)
- Bufo & Spallanzani, de Rubem Fonseca (Sextante)
- Do Longe e do Perto – Quase Diário, de Yvette K. Centeno (Sextante)
- Dublinesca, de Enrique Vila-Matas (Teorema)
- O Homem que Gostava de Cães, de Leonardo Padura (Porto Editora)
- Os Íntimos, de Inês Pedrosa (Dom Quixote)
- Tiago Veiga – Uma Biografia, de Mário Cláudio (Dom Quixote)

Do júri fazem parte Ana Paula Tavares, Fernando Pinto do Amaral, José António Gomes, Patrícia Reis e Pedro Mexia. A reunião decisiva será a 22 de Fevereiro, com o anúncio oficial marcado para o dia seguinte, na abertura da 13.ª edição do Correntes d’Escritas.

 

Post retirado do blog "Bibliotecário de Babel"

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:13


#1554 - Prémio Pessoa 2011

por Carlos Pereira \foleirices, em 17.12.11

 

O filósofo e ensaísta Eduardo Lourenço foi hoje distinguido com o Prémio Pessoa que desde 1987 premeia figuras com um papel relevante nas áreas da cultura e da ciência.

 

O anúncio foi feito, como habitualmente, no Palácio de Seteais em Sintra por Francisco Pinto Balsemão, que preside ao júri também constituído por Fernando Faria de Oliveira (Vice-Presidente), António Barreto, Clara Ferreira Alves, Diogo Lucena, João Lobo Antunes, José Luís Porfírio, Maria de Sousa, Mário Soares, Miguel Veiga e Rui Magalhães Baião.

 

Ler o resto aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:53

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:01


#1537 - Prêmio Cervantes vai para o poeta chileno Nicanor Parra

por Carlos Pereira \foleirices, em 01.12.11

 

O chileno Nicanor Parra, conhecido como o pai da “anti-poesia”, ganhou o Prêmio Cervantes 2011. A homenagem foi anunciada nesta quinta-feira, 1° de dezembro, pela ministra espanhola da Cultura, Angeles Gonzalez-Sinde. O escritor, célebre por livros como Poemas y Antipoemas e Obra Gruesa, receberá 125 mil euros.

Conhecido como o Nobel da literatura em língua espanhola, o prêmio Cervantes deste ano foi concedido ao poeta chileno Nicanor Parra. Segundo a presidente do júri, Margarita Salas, Parra foi escolhido por sua carreira variada e “toda uma vida dedicada à poesia”.

O escritor de 97 anos de idade, que já ganhou o prêmio nacional de literatura do Chile, é célebre por obras como Poemas y Antipoemas. O livro, lançado em 1954, e repleto de versos irônicos usando uma linguagem coloquial rara, deu ao escritor o título de “pai da antipoesia” e o transformou em uma referência na literatura chilena.

O ganhador do Cervantes leva para casa um prêmio 125 mil euros, que serão entregues oficialmente em 23 de abril, data de aniversário da morte, em 1616, de Miguel de Cervantes, autor de Don Quichote e uma das maiores figuras da literatura espanhola.

No ano passado, a escolhida foi a espanhola Ana Maria Matute. Nomes como o Nobel de Literatura Mario Vargas Llosa e os mexicanos Carlos Fuentes e Octavio Paz fazem parte da lista dos ganhadores das edições anteriores do Cervantes.

 

in

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:37


#1516 - Calane da Silva vence Prémio José Craveirinha

por Carlos Pereira \foleirices, em 22.11.11

 

O escritor moçambicano Calane da Silva venceu o Prémio José Craveirinha, o maior galardão literário do país, que distinguiu a sua carreira na literatura e no ensaio, foi hoje anunciado.

 

Da sua bibliografia constam obras como "Lírica do Imponderável", "Xicandarinha na lenha do mundo", "Dos Meninos da Malanga", "Olhar Moçambique", entre outros.

 

Raul Calane da Silva, 66 anos, ex-jornalista, docente universitário e antigo responsável pelo Centro Cultural do Brasil em Maputo, sucede a escritores como Mia Couto, João Paulo Borges Coelho, Paulina Chiziane e Ungulani Ba Ka Khosa.

 

O Prémio José Craveirinha, instituído pela Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB) tem um valor pecuniário de 700 mil meticais (cerca de 19.500 euros).

 

in

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:21

O volume “A Criança que Ri.” valeu a Carlos Torres Figueiredo o Prémio de Poesia Eugénio de Andrade, lançado este ano pelo editor portuense José da Cruz Santos e pela chancela Modo de Ler.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:05


#1472 - Prémio Portugal Telecom da Literatura 2011

por Carlos Pereira \foleirices, em 09.11.11

 

Este romance de escritura primorosa narra um percurso. É o que se opera na consciência de Pedro durante uma viagem de ônibus para o bairro do Tirol, na periferia pobre da cidade onde mora — uma espécie de panela de pressão de violência e injustiça sistemática. É lá que mora Rosane, namorada de Pedro: faz algum tempo que ele passa os fins de semana com ela.

De radinho no ouvido, lendo a intervalos, observando o que se passa dentro do ônibus e fora nas ruas, Pedro, sem se dar conta, costura as ideias. Ao fim da viagem ele não será mais o mesmo: o que vê e pensa durante o trajeto, os fatos de sua vida, seus afetos, o mundo em que está imerso, tudo reunido terá formado um novo conhecimento, mais profundo e mais crítico, mas que nem por isso o deixará desprotegido numa sociedade em que parece não haver como fugir de um destino opressivo.

O passageiro do fim do dia não deixa dúvida sobre a importância de Rubens Figueiredo no cenário literário contemporâneo no Brasil.

 

 

 

 O livro "Passageiro do Fim do Dia" (Companhia das Letras), do carioca Rubens Figueiredo, 55, foi o grande vencedor da nona edição do Prêmio Portugal Telecom de Literatura, um dos principais da língua portuguesa.

 

Figueiredo, que também é tradutor de importantes autores russos como Turgenyev e Tolstói para o português, narra o trajeto de ônibus do centro a um bairro de periferia feito por Pedro em um fim de semana em que visita a namorada. Por "Passageiro do Fim do Dia" o autor recebeu o prêmio de R$ 100 mil (em agosto, a mesma obra foi vencedora do Prêmio São Paulo de Literatura e ganhou R$ 200 mil).

 

A noção de viagem também está no segundo colocado, o português nascido em Angola Gonçalo M. Tavares, 40. "Uma Viagem à Índia" (Leya) aborda o "herói individualista" Bloom em uma estrutura narrativa que remete a "Os Lusíadas", de Camões. O prêmio da Portugal Telecom foi R$ 35 mil. O livro tem rendido vários prêmios ao autor, como o Fernando Namora/Estoril Sol 2011 (25 mil euros; cerca de R$ 60.400).

 

O terceiro lugar do Portugal Telecom foi para "Minha Guerra Alheia" (Editora Record), da jornalista e escritora ítalo-brasileira Marina Colasanti, 74, que recebeu R$ 15 mil. O livro narra a infância da autora, que nasceu em Asmara, capital da Eritreia (África), quando tropas italianas invadiram a região. A família da escritora retornou então à Itália e, em seguida, com o início da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), foi ao Brasil.

Em 2012, o Prêmio Portugal Telecom de Literatura completa dez anos.

 

In

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:59

 

O romance “Trás-os-Montes”, de Tiago Manuel Ribeiro Patrício, venceu por unanimidade o Prémio Revelação Agustina-Bessa Luís, no valor de 25 mil euros, disse hoje à Lusa fonte da Estoril Sol que institui o galardão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:10


#1467 - Prémio Femina para o francês Simon Liberati

por Carlos Pereira \foleirices, em 08.11.11

 

O escritor e jornalista francês Simon Liberati venceu o Prémio Femina 2011, um dos mais importantes galardões literários franceses, com a obra “Jayne Mansfield 1967”, editada pela Grasset.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:19


#1463 - Prémios Médicis

por Carlos Pereira \foleirices, em 06.11.11

 

O Prémio Médicis para o melhor romance francês foi atribuído a Mathieu Lindon por "Ce qu’aimer veut dire", enquanto o prémio para melhor livro estrangeiro foi para o israelita David Grossman e para o livro "Até ao fim da terra", que será editado em Portugal pela Dom Quixote em Abril de 2012.

 

Este sétimo romance de Grossman conta a história de uma mulher de Jerusalém, chamado Ora, que deixa a sua casa para evitar receber o anúncio da morte do seu filho Ofer, numa operação militar.

Grossman perdeu o seu filho, Uri, há cinco anos. Uri, que tinha na altura vinte anos, morreu quando um míssil atingiu o tanque em que seguia, no Sul do Líbano, dois dias antes de entrar em vigor um cessar-fogo imposto pelas Nações Unidas. Quando David Grossman começou a escrever « Até ao fim da terra », Uri estava a cumprir o serviço militar. O livro foi terminado depois da morte do filho.

O livro de Mathieu Lindon é uma homenagem ao filósofo Michel Foucault, que morreu em 1984 e era amigo de Lindon.

 

In

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:17


#1454 - Mia Couto vence Prémio Eduardo Lourenço 2011

por Carlos Pereira \foleirices, em 09.10.11

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:47


#1451 - Prémio Nobel da Literatura 2011

por Carlos Pereira \foleirices, em 06.10.11

 

Tomas Tranströmer, poeta e escritor sueco é o novo Prémio Nobel da Literatura 2011.

 

Vencedores do Prémio Nobel da Literatura nos últimos dez anos:

 

2011 - Tomas Tranströmer (Suécia)
2010 - Mario Vargas Llosa (Peru)
2009 - Herta Müller (Alemanha)
2008 - Jean-Marie Gustave Le Clézio (França)
2007 - Doris Lessing (Inglaterra)
2006 - Orhan Pamuk (Turquia)
2005 - Harold Pinter (Inglaterra)
2004 - Elfriede Jelinek (Áustria)
2003 - John M. Coetzee (África do Sul)
2002 - Imre Kertész (Hungria)
2001 - Sir Vidiadhar Surajprasad Naipaul (Trinidad e Tobago)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:52

 

O escritor Gonçalo M. Tavares venceu o Grande Prémio de Romance e Novela atribuído pela Associação Portuguesa de Escritores, em conjunto com o Ministério da Cultura, pela obra "Uma Viagem à Índia", editado pela Caminho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:58


#1409 - Escritor irlandês Colum McCann vence Prémio IMPAC 2011

por Carlos Pereira \foleirices, em 16.06.11

Colum McCann

 

O escritor irlandês Colum McCann ganhou o Prémio IMPAC, o prestigiado galardão literário que atribui ao autor 100 mil euros, a mais alta quantia entregue num prémio deste género, com a obra “Deixa o Grande Mundo Girar”, editado em Portugal pela Civilização Editora.

 

in

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:51


#1400 - Téa Obreht recebe Prémio Orange para Ficção 2011

por Carlos Pereira \foleirices, em 09.06.11

Téa Obreht tem 25 anos e é até aqui a autora mais jovem a recebido este prémio literário, no valor de 30 mil libras (cerca de 33 900 euros). O romance, uma primeira obra, foi considerado “excepcional” pela presidente do júri, Bettany Hughes que acrescentou que Téa Obreht é um “novo talento” e tem uma capacidade de observação e uma maneira de ver o mundo notável. “O livro lembra-nos como facilmente podemos deslizar para a barbárie, mas também nos mostra a extensão e a profundidade do amor. Obreht celebra a arte de contar histórias e lembra-nos que são as histórias que contamos sobre nós próprios e sobre os outros que nos fazem ser quem somos e que o mundo seja como ele é ”, acrescentou. Além de Bettany Hughes (historiadora), o júri era composto por Liz Calder (fundadora da Bloomsbury Publishing e do Festival Literário Internacional de Paraty), Tracy Chevalier (romancista), Helen Lederer (actriz e escritora) e Susanna Reid (jornalista e apresentadora).

Téa Obreht nasceu na antiga Jugoslávia e cresceu em Belgrado. Em 1992 a sua família mudou-se para o Chipre e depois para o Egipto onde aprendeu a falar inglês e foi para os Estados Unidos em 1997. Formou-se na University of Southern California e, em 2009, fez o programa de escrita criativa da Cornell University.

Faz parte da lista dos vinte melhores ficcionistas com menos de 20 anos escolhidos pela revista “The New Yorker”. Em Julho, o seu romance vai ser publicado pela LeyaBrasil com o título “A noiva do Tigre”.

 

In

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:36

 


O músico e poeta canadiano Leonard Cohen venceu o Prémio Príncipe das Astúrias das Letras de 2011, foi hoje anunciado em Oviedo, Espanha.

Leonard Cohen era um dos finalistas ao galardão, ao lado da escritora canadiana Alice Munro e do romancista inglês Ian McEwan.

 

O júri, que iniciou as deliberações na terça-feira em Oviedo, é composto por escritores como Andrés Amorós, Juan José Armas Marcelo, Fernando Sánchez Dragó e Berta Pitán e pela diretora do Instituto Cervantes, Cármen Cafarell.

 

O galardão é o reconhecimento da personalidades cujo trabalho criativo ou de investigação representa uma contribuição relevante para a cultura universal nos campos da literatura ou da linguística.

 

No ano passado, o vencedor foi o escritor libanês Amin Maalouf. Vargas Llosa, Camilo José Cela, Günter Grass, Doris Lessing, Paul Auster, Cláudio Magris, Amos Oz foram alguns dos outros galardoados em edições anteriores na área das Letras.

 

In

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:09


#1381 - Santiago Roncagliolo vence Independent Foreign Fiction

por Carlos Pereira \foleirices, em 28.05.11

 

O peruano Santiago Roncagliolo, editado em Portugal pela Teorema, venceu o The Independent Foreign Fiction Award, com o romance “Abril Vermelho”, tornando-se aos 36 anos no mais jovem escritor de sempre a vencer este galardão.

 

In ""

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:20

Foram anunciados 50 primeiros finalistas do Prémio Portugal Telecom de Literatura em Língua Portuguesa 2011. Escolhidos entre 380 obras inscritas, entre os 50 estão os portugueses Gonçalo M. Tavares, Inês Pedrosa, João Tordo, Ernesto Manuel Geraldes de Melo e Castro e o angolano José Eduardo Agualusa.

 

Gonçalo M. Tavares está nomeado por 'Uma Viagem à Índia', Inês Pedrosa por 'Os Íntimos', João Tordo por 'As Três Vidas', Ernesto Melo e Castro por 'Neo-Poemas Pagãos'. José Eduardo Agualusa foi escolhido por 'Milagrário Pessoal'.

 

Entre os nomeados estão ainda autores brasileiros muito diversos como Adélia Prado, Cristovão Tezza, Dalton Trevisan, Arnaldo Antunes, João Paulo Cuenca, Miguel Sanches Neto ou Paulo Franchetti.

 

Um júri intermédio vai seleccionar agora os dez finalistas, que serão conhecidos em Setembro. E em Novembro serão anunciados os três vencedores do Prémio PT de Literatura.

 

No ano passado, o primeiro lugar foi para o romance 'Leite Derramado' do escritor e compositor brasileiro Chico Buarque.

 

In ""

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:28


#1368 - A.M. Pires de Cabral vence Grande Prémio de Conto da APE

por Carlos Pereira \foleirices, em 18.05.11

 

O escritor A.M. Pires de Cabral venceu o Grande Prémio de Conto “Camilo Castelo Branco”, atribuído pela Associação Portuguesa de Escritores (APE), com a obra “O Porco de Erimanto”, anunciou esta terça-feira a organização.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:19


#1367 - Philip Roth ganha o prémio Man Booker Internacional 2011

por Carlos Pereira \foleirices, em 18.05.11

 

Philip Roth ganha prémio Man Booker Internacional 2011

 

A "short-list" dos candidatos incluía o britânico Philip Pullman, autor de livros infantis, o chinês Su Tong, os americanos Anne Tyler e Marilynne Robinson, o australiano David Malouf. Fazia também parte da lista o nome do britânico John le Carré, apesar deste ter pedido para não ser incluído.

“A imaginação [de Roth] não só transformou a nossa ideia da identidade judaica, como reanimou a ficção, e não apenas a ficção americana”, disse Rick Gekoski, presidente do júri que atribuiu o Man Booker. “A sua carreira é extraordinária porque ele começa num nível alto e continua sempre a subir. Com 50 e 60 anos, quando a maior parte dos escritores estão em declínio, ele escreveu uma série de romances da mais elevada qualidade”.

Roth agradeceu o prémio e afirmou que um dos prazeres que tem enquanto escritor é que o seu trabalho seja lido internacionalmente “apesar de todas as dores de tradução que isso implica”.

 

The Man Booker International Prize Finalists

The Man Booker International Prize 2011 List of Finalists announced

The Finalists' List was announced by the chair of judges, Rick Gekoski at a press conference held at the University of Sydney, on Wednesday 30 March 2011 at 10:00 (EST).

Each of the Finalists' are listed below, click through to read a full biography.

The Man Booker International Prize winner will be announced at the Sydney Writers' Festival on 18 May and the winner will be celebrated at an awards ceremony in London on 28 June 2011.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:08


#1364 - Manuel António Pina ganha prémio Camões

por Carlos Pereira \foleirices, em 12.05.11

 

O escritor português Manuel António Pina ganhou o Prémio Camões, o maior prémio literário de língua portuguesa. A decisão foi consensual e unânime numa reunião que durou menos de meia hora, disseram os membros do júri no final da reunião na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro.

Manuel António Pina (Sabugal, 18 de Novembro de 1943) é um jornalista e escritor português.

O autor licenciou-se em Direito em Coimbra e foi jornalista do Jornal de Notícias durante três décadas. É actualmente cronista do Jornal de Notícias e da revista Notícias Magazine.

A sua obra é principalmente constituída por poesia e literatura infanto-juvenil. É ainda autor de peças de teatro e de obras de ficção e crónica. Algumas dessas obras foram adaptadas ao cinema e TV e editadas em disco.

Está traduzido em França (francês e corso), EUA, Espanha (espanhol, galego e catalão); Dinamarca, Alemanha, Holanda, Rússia, Croácia e Bulgária.

 

Prémios

(1978)Prémio de Poesia da Casa da Imprensa (“Aquele que quer morrer”); (1987)Prémio Gulbenkian 1986/1987 (“O Inventão”); (1988)Menção do Júri do Prémio Europeu Pier Paolo Vergerio da Universidade de Pádua, Itália (“O Inventão); (1988)Prémio do Centro Português para o Teatro para a Infância e Juventude (CPTIJ) (conjunto da obra infanto-juvenil); (1993)Prémio Nacional de Crónica Press Club/ Clube de Jornalistas; (2002)Prémio da Crítica, da Secção Portuguesa da Associação Internacional de Críticos Literários” ("Atropelamento e fuga"); (2004)Prémio de Crónica 2004 da Casa da Imprensa (crónicas publicadas na imprensa em 2004).

2004 - Prémio de Poesia Luís Miguel Nava 2003 (Os livros).

2005 - Grande Prémio de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores/CTT (Os Livros)

2011 - Prémio Camões

 

 Bibliografia

1973 - "O país das pessoas de pernas para o ar" (lit. infanto-juvenil)

1974 - "Ainda não é o fim nem o princípio do Mundo, calma é apenas um pouco tarde" (poesia)

1974 - "Gigões & anantes" (lit. infanto-juvenil)

1976 - "O têpluquê" (lit. infanto-juvenil)

1978 - Aquele que quer morrer (poesia)

1981 - "A lâmpada do quarto? A criança?" (poesia)

1983 - "O pássaro da cabeça" (poesia)

1983 - "Os dois ladrões" (teatro)

1984 - "Nenhum sítio" (poesia)

1984 - "História com reis, rainhas, bobos, bombeiros e galinhas" (lit. infanto-juvenil)

1985 - A guerra do tabuleiro de xadrez(lit. infanto-juvenil)

1986 - Os piratas(ficção)

1989 - "O caminho de casa" (poesia)

1987 - "O inventão" (teatro)

1991 - Um sítio onde pousar a cabeça (poesia)

1992 - "Algo parecido com isto, da mesma substância" (poesia)

1993 - "Farewell happy fields" (poesia)

1993 - "O tesouro" (lit. infanto-juvenil)

1994 - "Cuidados intensivos" (poesia)

1994 - "O anacronista" (crónica)

1995 - O meu rio é de ouro /Mi rio es de oro (lit. infanto-juvenil)

1998 - "Aquilo que os olhos vêem, ou O Adamastor" (teatro)

1999 - Nenhuma palavra, nenhuma lembrança (poesia)

1999 - "Histórias que me contaste tu" (lit. infanto-juvenil)

2001 - "Atropelamento e fuga" (poesia)

2001 - "A noite" (teatro)

2001 - "Pequeno livro de desmatemática" (lit. infanto juvenil)

2002 - "Poesia reunida" (poesia)

2002 - "Perguntem aos vossos gatos e aos vossos câes" (teatro)

2002 - "Porto, modo de dizer" (crónica)

2003 - Os livros (poesia)

2003 - "Os papéis de K." (ficção)

2004 - "O cavalinho de pau do Menino Jesus" (lit. infanto-juvenil)

2005 - "Queres Bordalo?" (ficção)

2005 - "História do Capuchinho Vermelho contada a crianças e nem por isso por Manuel António Pina segundo desenhos de Paula Rego" (lit. infanto-juvenil)

2007 - "Dito em voz alta" (entrevistas)

2008 - "Gatos" (poesia)

2009 - "História do sábio fechado na sua biblioteca" (teatro)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:20


#1357 - PRÉMIO DE REVELAÇÃO APE/BABEL

por Carlos Pereira \foleirices, em 10.05.11

Cidália Maria Bicho, Palmira Silva Baptista e Vera de Vilhena venceram ex-aequo o Prémio de Revelação APE/Babel na categoria de literatura para a infância e juventude, anunciou esta segunda-feira a Associação Portuguesa de Escritores (APE).

 

A decisão foi tomada por unanimidade por um júri composto por Alice Vieira, Cristina Norton, Rui Cardoso Martins e presidido por José Correia Tavares, o qual decidiu não premiar ninguém na categoria de ficção narrativa por entender que os originais não preenchiam os requisitos mínimos do regulamento, disse à agência Lusa fonte da associação.

À categoria de literatura para a infância e juventude concorreram 23 autores. Este prémio reporta-se a 2009 e é o único da APE que não envolve qualquer recompensa monetária, garantindo apenas a publicação dos textos e o pagamento de direitos de autor.

“As Três Fortunas do Lobo Lobão e outros contos tradicionais”, de Cidália Maria Lourenço Simão Ferreira Bicho (Loulé), “Carrossel de Sonhos, de Palmira Martins da Silva Baptista (Vila Nova de Gaia) e “Coisandês”, de Vera Vilhena (Mafra), são os títulos premiados que a Babel, enquanto editora associada, irá publicar.

Além destes prémios, a APE atribui ainda os de Ensaio, Poesia e Romance e Novela.

Manuel Gusmão venceu o Grande Prémio de Ensaio “Eduardo Prado Coelho” APE/Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, com o livro “Tatuagem Palimpsesto, da poesia em alguns poetas e poemas” (Assírio e Alvim). O galardão, no valor de 7500 euros, foi entregue ao escritor em Abril.

O Grande Prémio de Poesia, patrocinado pelos Correios de Portugal (CTT), contemplou este ano Pedro Tamen, pela obra “O Livro do Sapateiro” (D. Quixote).

No valor de 5000 euros, não há ainda data marcada para a entrega deste prémio, segundo a APE.

Por atribuir está o prémio Romance e Novela APE/Ministério da Cultura, no valor de 15.000 euros, e que, segundo a associação, não deverá ser conhecido antes de finais de Junho.

 

In "JORNAL PÚBLICO"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:41


#1340 - XIV Prémio Alfaguara da novela 2011

por Carlos Pereira \foleirices, em 22.03.11

 

O escritor colombiano Juan Gabriel Vásquez ganhou o XIV  PRÉMIO ALFAGUARA DE NOVELA com o livro "El ruido de las cosas al caer"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:34


#1335 - Mario Vargas Llosa, Prémio Nobel da Literatura 2010

por Carlos Pereira \foleirices, em 07.10.10

 

O escritor peruano Mario Vargas Llosa é o Prémio Nobel da Literatura de 2010, foi anunciado hoje em Estocolmo pela Academia Sueca.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:58


#1330 - Prémio Fernando Namora para Luísa Costa Gomes

por Carlos Pereira \foleirices, em 28.09.10

 

O romance “Ilusão (ou o que quiserem)”, de Luísa Costa Gomes, é o vencedor do Prémio Literário Fernando Namora/Estoril Sol, pela inovação e ágil registo estilístico, como assinalou em acta o júri.

 

A obra editada em Novembro do ano passado marcou o regresso da escritora ao romance, dez anos depois de “Educação para a tristeza”. “Ao galardão, com o valor pecuniário de 25 mil euros, concorreram meia centena de obras, todas editadas em 2009, tendo a escolha de “Ilusão (ou o que quiserem)” sido unânime, disse à Lusa a mesma fonte.

O júri considerou a obra “manifestamente inovadora, quer pela sua excelente construção, quer pelo seu ágil registo estilístico de constante ironia, quer pela análise penetrante de alguns comportamentos tipo da actual sociedade portuguesa, muito em especial no tocante a métodos pedagógicos aplicados nas escolas e à animação cultural na província, bem como à densidade da narrativa”.

Quando do seu lançamento em Novembro passado, a escritora afirmou à Lusa: “Este meu novo romance é a ilusão do realismo, em que a expressão ‘ou o que quiserem’ é uma alusão a uma peça de William Shakespeare”. A escritora de 56 anos referia-se à peça “As you like it” (“Como quiserem”), que é “uma reflexão sobre o género comédia que é difícil de homogeneizar”, explicou. A autora acrescentou que “há no romance várias referências” ao dramaturgo inglês.

Constituíram o júri o escritor Vasco Graça Moura, Guilherme d’Oliveira Martins em representação do Centro Nacional de Cultura, José Manuel Mendes pela Associação Portuguesa de Escritores, Maria Carlos Loureiro pela direção geral do Livro e das Bibliotecas, Manuel Frias Martins pela Associação Portuguesa dos Críticos Literários, Maria Alzira Seixo e Liberto Cruz, convidados a título individual, e Lima de Carvalho e Dinis de Abreu, em representação da Estoril Sol.

Luísa Costa Gomes nasceu em Lisboa, licenciou-se em Filosofia e foi professora do ensino secundário, actividade que abandonou para se dedicar à escrita e à realização de Oficinas da Escrita em diversas escolas.

 

in Jornal

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:54

 

O escritor libanês Amin Maalouf foi hoje distinguido com o Prémio Príncipe das Astúrias de Letras. O júri do prémio, reunido esta manhã em Oviedo, escolheu um autor que "através da ficção histórica e da reflexão teórica, tem conseguido abordar com lucidez a complexidade da condição humana", elogiando-lhe a "linguagem intensa e sugestiva" que nos transporta "no grande mosaico mediterrâneo de línguas, culturas e religiões para construir um espaço simbólico de encontro e entendimento".

 

In

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:17


#1289 - Wodehouse Prize para Ian McEwan

por Carlos Pereira \foleirices, em 28.05.10

O Bollinger Everyman Wodehouse Prize for Comic Fiction, que distingue a livro que melhor reflecte o «espírito cómico» de P.G. Wodehouse, foi atribuído a Solar, editado em Portugal pela Gradiva.

 

Post retirado do blog "Ler"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:19


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas