Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fecundação e nascimento

por Carlos Pereira \foleirices, em 12.11.08

No barro

caem pequenas esfinges de suor

nascidas em olhos espantados

moldando a tua imagem

a minha semelhança

almas gémeas

gotas iguais.

 

Dedos hábeis

raízes da cabeça

sopram mistérios invisíveis

e nasce a alma, depois dos gritos,

uma boca

vermelha

perfumada cereja

o coração e,

depois todo o resto.

 

Fecha-se o círculo

e o mistério encerra-se

nas extremidades

dos dedos dos pés.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 18:20


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas