Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Contraluz

por Carlos Pereira \foleirices, em 09.10.08

Tantas vezes o cântaro partido vai à fonte até que esta seca.

 

                                    ****************                      

 

Fala-se em vão de justiça enquanto o maior dos navios de guerra não se despedaçar contra a fronte de um afogado.

 

Do livro "Arte Poética - O Meridiano e outros textos", de Paul Celan, Edições Cotovia, 1996, e organizado por João Barrento que, também, escreveu o posfácio e as notas.

 

Contraluz foi publicado nio Jornal  DIE TAT, de Zurique, em 12 de Março de 1949

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:37



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

BERTRAND - SUGESTÃO DE LIVROS E LEITURAS

20% a 50% IMEDIATO em todos os livros - Instagram Post 25-26/03

#LERÉPODER 2020 - Large Billboard


O Mundo na Mão - Large Billboard



Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas