Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




#1884 - Granta Portugal | 2

por Carlos Pereira \foleirices, em 15.10.13

 

"... O Padre António Vieira explicou num dos seus sermões que interrogar o poder é também, inevitavelmente, interrogar o querer: "O querer, e o poder, se divididos são nada, juntos, e unidos são tudo", pregou na Sé de Lisboa, em Janeiro de 1662, aquele a quem Fernando Pessoa atribuiu o título de Imperador da língua portuguesa. "O querer sem o poder é fraco, o poder sem o querer é ocioso, e deste modo divididos são nada. Pelo contrário o querer com o poder é eficaz, o poder com o querer é activo, e deste modo juntos, e unidos são tudo."

 

Excerto do Editorial de Carlos Vaz Marques "in Granta Portugal",  n.º 2, sobre o tema central da revista - "PODER" já disponível nos sítios habituais

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:11


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas