Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Esparsa (sua ao desconcerto do mundo)

por Carlos Pereira \foleirices, em 29.09.08

Os bons vi sempre passar

no mundo graves tormentos;

e, para mais m'espantar,

os maus vi sempre nadar

em mar de contentamentos.

Cuidando alcançar assim

o bem tão mal ordenado,

fui mau, mas fui castigado:

Assi que, só para mim

anda o mundo concertado.

 

Luís de Camões, trova, sec. XVI

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:38



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas