Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




#1628 -

por Carlos Pereira \foleirices, em 20.02.12

Olho o céu sem fim

à espera de ver a estrela que tu vês

 

Vou ao encontro dos viajantes que chegam de todo o lado

à espera que alguém se tenha inebriado com o teu perfume

 

Enfrento os ventos

à espera que tragam uma mensagem tua

 

Vagueio sem destino

à espera de ouvir uma canção que fale de ti

 

Olho as mulheres que encontro sem outra intenção

que descobrir um toque da tua beleza nos seus rostos

 

Poema de Al-Thurthusi traduzido por Jorge Sousa Braga

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:57



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas