Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




#2840 - INSTRUMENTO DE SOMBRAS

por Carlos Pereira \foleirices, em 04.07.18

Imagem relacionada

 Vasco Graça Moura

 

INSTRUMENTO DE SOMBRAS

 

coração, instrumento de sombras

e silêncios vibrantes, coração que te destróis

na turvação da alma,

de que matéria é feita a lucidez com quue palpitas

e sabes o que vai acontecer?

 

rente às águas fluviais, a neblina é mais espessa

entre os choupos de inverno.

também o amor é uma arte do tempo, uma

melodia delgada e frágil instalada em novembro,

tocada num instrumento de sombras

 

e pressentimentos, na indecisa fronteira

entre a vida e a morte. um dia

a chuva  há-de diluir tudo

na sua música, nas cadências da sua

lenta anestesia.

 

POESIA DE VASCO GRAÇA MOURA - POESIA REUNIDA, QUETZAL, 2012

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:21


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas