Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




#2824 - A terapia do silêncio

por Carlos Pereira \foleirices, em 05.04.18

Gosto do silêncio. Não do silêncio branco, asséptico e surdo.

 

Às vezes o corpo reclama-o quando precisa de combater contra qualquer desequilíbrio.

 

O silêncio pode ser comovente quando se torna transparente. E através dessa transparência  descobrimos que as árvores falam entre si (senão a vida delas seria tragicamente monótona e secavam por tristeza); as abelhas são chamadas pelas flores quando precisam de ser polinizadas; o vento confidencia com os cata-ventos, dizendo-lhes em que sentido devem indicar a força do seu sopro.

 

O silêncio serve para lavarmos a boca, os ouvidos, os olhos;  para ouvir as angústias da alma; expulsar os vários demónios que nos inquietam.

 

O mundo seria muito melhor se ouvissemos as vozes do silêncio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:28


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas