Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




#2455 - Sem título

por Carlos Pereira \foleirices, em 20.06.17

Um rumor roça as minhas pálpebras.

Finjo que sou mouco.

Amordaço os  olhos.

Tapo a boca com uma venda.

Não quero estar presente.

Mas não posso fingir que estou ausente.

Engulo em seco. Suo poeira vermelha.

Abraço o tórrido vazio.

Quero erguer os braços suplicantes, não consigo.

Pesam mais que o ar denso.

Vozes iradas vindas não sei de onde gritam ameaças.

As pernas querem fugir mas a cabeça não deixa.

Sinto o hálito mortífero do deserto e a respiração espinhosa dos cactos.

O chão cospe cortinas transparentes de fogo, o corpo não vai aguentar.

Preciso urgentemente de água.

Acordo. Ligo o interruptor. Ilumino o medo.

Adormeço.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:31


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas