Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




#850 - Jorge Luís Borges

por Carlos Pereira \foleirices, em 08.07.09



CANDEM, 1892


O odor do café e dos periódicos.

O domingo e seu tédio. A manhã

E na entrevista página essa vã

Publicação de uns versos alegóricos

De um colega feliz. O homem velho

Está prostrado e branco na decente

Habitação de pobre. Ociosamente

Olha o seu rosto no cansado espelho.

Pensa, já sem assombro, que essa cara

É ele. Com distraída mão toca

A barba solta, a despojada boca.

O fim já não está longe.  A voz declara:

Quase não sou, mas os meus versos ritmam

A vida e seu esplendor. Eu fui Walt Whitman.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:12


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas