Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




#815 - Livros

por Carlos Pereira \foleirices, em 22.06.09


Livro de poemas de Martinho Marques (José António de Matos Martinho Marques), edição MIC, Novembro de 1980.

 

PENÉLOPE

 

Pensavas tu que os homens hão-de abrir-se

e navegar em abraço e permanência

pelas tuas coxas     como a nau de Ulisses

de volta a Ítaca pelo mar da Grécia

 

Mas basta um líquen        um hímen            uma Circe

um som com  dimensões de paramécia

Antes que amor acorra a despedir-se

logo se afastam pelo mar da Grécia

 

Amigos do petisco do teu corpo

não há uma carícia que enraíze

no sal do seu orgasmo sem encargos

 

O sol é alto        mas o mar é morto

No céu abrindo sobre um mar em crise

eles não são Ulisses       tu és Argos

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:47



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas