Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




#2035 - A origem da Noite

por Carlos Pereira \foleirices, em 31.05.16

POVO TUPI - AMAZÓNIA - BRASIL

 

A ORIGEM DA NOITE

 

Antigamente, a noite não existia no céu. O dia era eterno. A noite dormia no fundo das águas. E os animais também não existiam, e os objectos falavam.

 

A filha da Grande Serpente casou com um homem, que tinha três criados fiéis. Ele disse-lhes uma vez: "Afastem-se, porque a minha mulher quer copular comigo." Mas não era a presença dos criados que incomodava a jovem. Ela não queria fazer amor senão na escuridão. Explicou ao seu marido que o seu pai detinha a noite, e que ele devia enviar os seus criados buscá-la.

 

Quando estes chegaram, numa piroga, junto da Grande Serpente, este deu-lhes uma noz de palmeira tucuman bem fechada, e recomendou-lhes que não a abrissem sob nenhum pretexto. Os criados voltaram a embarcar e, pouco depois,  ficaram surpreendidos com um ruído que vinha do interior da noz: ten, ten ten, chi... semelhante ao ruído que os grilos e as rãs fazem durante  a noite. Um dos criados quis abrir a noz, mas os outros opuseram-se. Depois de muitas discussões, e quando já estavam muito longe da morada da Grande Serpente, reuniram-se finalmente no meio da piroga, fizeram uma pequena fogueira, e fizeram fundir a resina que mantinha a noz fechada.

 

Mal a noz se abriu, a noite surgiu, e todas as coisas que havia na floresta, se transformaram em quadrúpedes e pássaros, e todas as coisas que havia no rio, transformaram-se em patos e peixes. O cesto transformou-se em jaguar, o pescador e a sua piroga tornaram-se patos: na cabeça do homem surgiu um bico, a piroga tornou-se o corpo, os remos as patas...

 

A  filha da Grande Serpente compreendeu a razão da obscuridade que reinava agora. Quando a estrela da manhã surgiu, a jovem decidiu separar a noite do dia. Para o conseguir, transformou duas bolas de fio nos pássaros cujubim e inhambu (que anunciam a aurora). Para punir os criados, transformou-os em macacos.

 

Amazónia, Tupis

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:59


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas