Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


 

Rosa Montero venceu o Prémio Nacional das Letras Espanholas 2017, um galardão que o júri justificou com a longa trajetória novelística, jornalística e ensaística da escritora espanhola.

A escritora Rosa Montero venceu esta terça-feira o Prémio Nacional das Letras Espanholas 2017, no valor monetário de 40 mil euros, um galardão que o júri justificou com a longa trajetória novelística, jornalística e ensaística da escritora espanhola.

O júri do prémio destacou ainda que a trajetória da escritora madrilena demonstrou “brilhantes atitudes literárias” e enalteceu a “criação de um universo pessoal, cujo tema reflete seus compromissos vitais e existenciais, classificados como éticos e de esperança”, de acordo com o Ministério da Educação, Cultura e Desporto de Espanha, responsável pelo prémio.

Rosa Montero nasceu em Madrid em 1951, estudou jornalismo e psicologia e colaborou com grupos de teatro independentes, enquanto começava a publicar em vários meios de comunicação 1976, altura em que começou a trabalhar em exclusivo para o “El País”, tornando-se editora-chefe do suplemente de domingo em 1980 e 1981.

Em 1978, venceu o Prémio Manuel del Arco para entrevistas, em 1980, o Prémio Nacional de Jornalismo para reportagens e artigos literários e, em 2005, o Prémio da Associação da Imprensa de Madrid pela sua vida profissional.

Entre os seus romances contam-se “A filha do canibal” (Prémio Primavera de Novela em 1997), “A louca da casa” (2003), que lhe valeu os prémios “Qué Leer” 2004 para o melhor livro do ano, Grinzane Cavour para o melhor livro estrangeiro publicado na Itália em 2005, e Roman Primeur 2006, em França.

É ainda autora de “História do rei transparente” (2005), vencedor do prémio ‘Qué Leer’ 2005 para o melhor livro do ano e o ‘Mandarache Prize’ 2007.

O seu trabalho está traduzido para mais de 20 línguas.

 

Autor
  • Agência Lusa

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:15

 

Autor espanhol foi distinguido no festival Correntes d'Escritas 2016

Javier Cercas, com o romance As Leis da Fronteira, foi o vencedor do Prémio Literário Casino da Póvoa, o principal das Correntes d'Escritas. O festival literário, que está na 17.º edição, reúne até ao fim de semana 80 escritores de onze países na Póvoa de Varzim.

 

Foram também anunciados os vencedores dos restantes prémios, designadamente do Conto Infantil Ilustrado, o prémio literário da Papelaria Locus e o da Fundação Dr. Luís Rainha, numa cerimónia que contou com a presença do ministro da Cultura.

Nascido em Cáceres, em 1962, Javier Cercas tem os seus livros traduzidos em mais de trinta idiomas e tem no currículo diversos prémios literários, nomeadamente o Prémio Cidade de Barcelona, Prémio da Crítica do Chile, o Prémio The Independent Foreign Fiction, ou o The European Athens Prize for Literature. Em 2011, foi-lhe atribuído o Prémio Internacional do Salão do Livro de Turim pelo conjunto da sua obra.

 

In "DN"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:46

 

Antonio Muñoz Molina ha sido el escritor elegido por el jurado para recibir este año el prestigioso premio de Literatura de Jerusalén. Se trata de un galardón que se entrega cada dos años y que recientemente han recibido autores como Ian McEwan, Haruki Murakami o J.M. Coetzee. El otro español galardonado en Jerusalén fue Jorge Semprún en 1997.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:24


#1566 - Novo livro de Rosa Montero

por Carlos Pereira \foleirices, em 11.01.12

 

"Lágrimas na Chuva" é a nova aventura literária da escritora e jornalista espanhola Rosa Montero, que a Porto Editora lança já no dia 16 de Janeiro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:15


#1131 - Prémio Nadal para Clara Sánchez

por Carlos Pereira \foleirices, em 07.01.10


Clara Sánchez foi a vencedora do Prémio Nadal da Novela com o livro "Lo que esconde tu nombre"

 

Ler resto da notícia aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:33



Javier Cercas

Autor de 'Anatomía de un instante', libro del año para Babelia

Babelia publica este fin de semana un especial con los mejores libros de 2009, según 50 reputados críticos. Para el suplemento cultural de EL PAÍS,

el libro del año ha sido Anatomía de un instante

, la obra de Javier Cercas que analiza el fallido golpe de Estado del 23 de febrero de 1981. El autor charlará con los lectores sobre su libro.


Consulta el especial de Babelia con los mejores libros de 2009


Lee aquí el primer capítulo del libro

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:58


Prémio Azorín 2009

por Carlos Pereira \foleirices, em 21.04.09

LOLA BECCARIA obteve o Prémio Azorín 2009 pelo seu  livro "Arte de Perder".

A escritora nasceu em Ferrol, Corunha, em 1963. É doutorada em Filologia Hispânica e terapeuta gestual pelo Centro de Terapia e Psicologia de Madrid..


Publicou o seu primeiro romance - A Debutante - em 1996;

Foi finalista do Prémio Nadal em 2001 com o seu segundo romance "A Lua em Jorge";

Em 2004 publica "Mulher Nua".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:03


Juan Manuel de Prada

por Carlos Pereira \foleirices, em 09.04.09

 

Juan Manuel de Prada lança "O sétimo véu"

Com "O sétimo véu", Juan Manuel de Prada propôs-se abordar a problemática do esquecimento e da memória. A obra, já duplamente premiada, inspira-se num período conturbado da história contemporânea de Espanha.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:03


...

por Carlos Pereira \foleirices, em 03.03.09


"Já  que nos dias de hoje nada é fiável, e já que os deuses e as ideologias há muito que estão enterrados, ao menos sê boa pessoa, caramba!"

 

Rosa Montero in Instruções para salvar o mundo

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:18


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas