Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


 

golden slumbers.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:29

logo cineteatro antonio lamoso.jpg

jorge palma.jpg

21 de Março, 22 horas, Auditório do Cineteatro António Lamoso, Santa Maria da Feira

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:57


#1337 - Festival para gente sentada em Santa Maria da Feira

por Carlos Pereira \foleirices, em 18.03.11

 

 

Festival para Gente Sentada


18 Março
- The Legendary Tigerman
- B Fachada
- Nuno Prata

 

19 Março
- Piano Magic
- Laetitia Sadier
- Spokes

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:16


4ª edição do Literatura em Viagem (LeV)

por Carlos Pereira \foleirices, em 18.04.09
Quarenta escritores de 10 países reúnem-se em Matosinhos

 

 

Cerca de 40 escritores de dez países participam a partir de hoje, em Matosinhos, no 4.º Encontro de Literatura em Viagem (LeV), que inclui oito mesas temáticas, lançamentos de livros, concertos e uma exposição.

 

 

 
Argentina, Austrália, Brasil, Chile, Espanha, Estados Unidos, Itália, México e Peru são, além de Portugal, os países de origem dos escritores participantes no encontro organizado por Francisco Guedes e promovido pela Câmara de Matosinhos, que decorre até 21 de Abril na Biblioteca Florbela Espanca e na Galeria Municipal.

Pela Biblioteca Municipal Florbela Espanca, irão passar nomes que associamos de imediato à literatura em viagem - Helene Cooper, Leila Guerriero ou Francisco José Viegas -, mas também Nuno Rogeiro, Marçal Aquino ou Filomena Marona Beja e Miguel Real.

Paul Theroux merece uma menção especial. O autor de "Viagem por África", que regressa a Portugal ao fim de 42 anos, é um dos mais destacados cultores deste género e possui uma vasta obra, de que faz parte o "Regresso à Patagónia", escrito em parceria com Bruce Chatwin.

 

Viajante permanente é também o argentino Eduardo Belgrano Rawlson, que, a partir das frequentes excursões à Terra do Fogo, publicou um guia, a ser lançado pela Quetzal durante o LeV.

 

Os autores portugueses estão amplamente representados no naipe de participantes. Alice Vieira, Maria Isabel Barreno, José Luís Peixoto, César Magarreiro e José Carlos Vasconcelos são disso exemplo.


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:30


Quarenta escritores de 10 países reúnem-se em Matosinhos

por Carlos Pereira \foleirices, em 03.04.09

 

Cerca de 40 escritores de dez países participam a partir de 18 de Abril, em Matosinhos, no 4.º Encontro de Literatura em Viagem (LeV), que inclui oito mesas temáticas, lançamentos de livros, concertos e uma exposição.

 

Argentina, Austrália, Brasil, Chile, Espanha, Estados Unidos, Itália, México e Peru são, além de Portugal, os países de origem dos escritores participantes no encontro organizado por Francisco Guedes e promovido pela Câmara de Matosinhos, que decorre até 21 de Abril na Biblioteca Florbela Espanca e na Galeria Municipal.

 

Ao longo de quatro dias, temas como "Escrever a Guerra", "Poética da Viagem", "Viajar para contrariar a Monotonia", "Ler o Mundo, Viajando", "A Viagem é a Minha Memória", "Viajar é um acto sensual em todos os sentidos" e "Viajar é preciso" serão debatidos no encontro, cujo mote é uma frase do pensador Eduardo Lourenço: "Mais importante que o destino é a viagem".

 

Entre os participantes estrangeiros, estarão escritores como os norte-americanos Paul Theroux e Helene Cooper, os argentinos Eduardo Belgrano Rawson e Leila Guerriero, o mexicano Gonzalo Celorio, o chileno Luis Sepúlveda, o peruano Santiago Roncagliolo, o espanhol Ricardo Menéndez Salmón e os brasileiros Christiane Tassis e Marçal Aquino.

 

Filomena Marona Beja, José Jorge Letria, Miguel Real, Julieta Monginho, Francisco José Viegas, Cristina Carvalho, João Tordo e José Luís Peixoto serão alguns dos escritores portugueses presentes no encontro.

 

O LeV começa no dia 18, às 11:00, com um atelier para crianças, intitulado "Uma história nas asas de um avião", na Biblioteca Florbela Espanca, a que se seguirá, pelas 15:00, a conferência de abertura desta 4ª edição, no salão nobre da câmara, e o lançamento do segundo número da revista Itinerâncias, a publicação oficial do encontro.

 

Novas obras de Paul Theroux ("O Velho Expresso da Patagónia"), Eduardo Belgrano Rawson ("Para Lá da Terra do Fogo"), Leila Guerriero ("Os Suicidas do Fim do Mundo"), Marçal Aquino ("Cabeça a Prémio"), editadas pela Quetzal, serão lançadas nesta edição do LeV.

 

Também os romances "Cisne de África" (Livros de Seda), de Henrique Levy, "A Ofensa" (Porto Editora), de Ricardo Menéndez Salmón, "A Casa da Praia do Açúcar" (QuidNovi), de Helene Cooper, "O Assassinato de Berta Linhares" (Sextante), de Jacinto Rego de Almeida, "Ronda Filipina" (Teorema), de César Magarreiro, e a obra para crianças "Livro com Cheiro a Canela" (Texto), de Alice Vieira, serão apresentadas durante o encontro.

 

Completam o programa deste Encontro de Literatura em Viagem a inauguração de uma exposição "Sobre el Mar", de Nacho Selorio, a 18 de Abril, e dois concertos, dia 19: o primeiro, às 11:00, do pianista Raul Peixoto Costa, no salão nobre da Câmara de Matosinhos, e o segundo, "Sons da Fala", pelas 22:00, no Cineteatro Constantino Nery, com Sérgio Godinho (voz e guitarra), Vitorino (voz), Janita Salomé (voz), Tito Paris (voz e guitarra), Don Kikas (voz e guitarra), Guto Pires (voz), Luanda Cozetti (voz), Juka (voz) e André Cabaço (voz).

 

Texto retirado do Jornal "Diário de Notícias"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:12


Cinematic Orchestra, no Porto

por Carlos Pereira \foleirices, em 02.04.09

A britânica Cinematic Orchestra parece encarar Portugal como fiel depositário dos seus exercícios sónicos, alicerçados no jazz e na electrónica. Os únicos concertos deste ano na Europa têm lugar em Lisboa, quinta-feira, e no Porto, na sexta-feira.




Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:55


Deolinda em Santa Maria da Feira

por Carlos Pereira \foleirices, em 15.01.09

Integrado na programação da Festa das Fogaceiras, DEOLINDA vai estar no palco do Cine-Teatro António Lamoso para um concerto a realizar no dia 17 de Janeiro.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:51


Paco Ibañez em Lisboa

por Carlos Pereira \foleirices, em 06.01.09

 

Paco Ibañez vai estar em Lisboa para um concerto no dia 9 de Janeiro na Culturgest

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:30

 

Porto acolhe a estreia em Portugal do norte-americano no próximo sábado

O misterioso músico norte-americano Jandek vai dar um concerto raro, o primeiro em Portugal, no próximo sábado, às 19 horas, no Auditório de Serralves, a abrir um ano de festas de aniversário da fundação e museu do Porto.

O concerto é o primeiro evento neste auditório integrado nas comemorações do vigésimo aniversário da Fundação de Serralves e do décimo aniversário do Museu de Arte Contemporânea de Serralves, que se celebram este ano.

"É a estreia em Portugal de um dos mais fascinantes e enigmáticos músicos contemporâneos e uma das poucas oportunidades de ver uma apresentação ao vivo deste norte-americano do Texas, que raramente faz concertos ou dá entrevistas", salienta a fundação, em comunicado.

A fundação destaca o que se pode ler na primeira página do site de Jandek na internet (http://tisue.net/jandek/). "Toda a gente sabe uma coisa sobre Jandek: ninguém sabe nada sobre Jandek. Não há nada, a não ser a música".

"Jandek não é uma pessoa, mas um projecto musical. Os álbuns e os (poucos) concertos são atribuídos a Jandek, mas o homem que aparece nas capas dos álbuns e em palco é apresentado como 'um representante da Corwood Industries', a misteriosa editora discográfica que editou todos os seus 54 álbuns, desde 1978 até 2008", salienta a fonte.

Em Serralves, Jandek apresentar-se-á sozinho em palco, ao piano, e no dia seguinte, às 16 horas, será exibido um documentário (www.jandekoncorwood.com) em torno de Jandek e da Corwood Industries realizado por Chad Freidrichs em 2003, um ano antes da primeira aparição em público do músico.

A estreia pública de Jandek aconteceu em Outubro de 2004, com um concerto em Glasgow, Escócia, no festival Instal.04, a que se seguiu uma série de outras apresentações, "quase todas com o mesmo formato: o músico, completamente vestido de preto, canta e toca guitarra, acompanhado por músicos locais".

"A música é, por regra, eléctrica e com uma grande dose de improviso, mas em concertos recentes Jandek tocou temas mais calmos, por vezes ao piano, acompanhado por harpas ou flautas", acrescenta a fonte. [In JN]

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:59


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas