Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




#2705 - No Palácio do Marquês de Fronteira em Lisboa

por Carlos Pereira \foleirices, em 02.12.17

EVA CHRISTINA ZELLER

 

NO PALÁCIO DO MARQUÊS DE FRONTEIRA EM LISBOA

 

Um gato preto guia-nos:

queiram ter a bondade os aposentos particulares do Marquês

aqui tomam-se as refeições

aqui acende-se a lareira à noite

atrás destas portas vivem os gatos

não, crianças não

azulejos centenários

batalhas caçadas um pastor pintado

voilá e aqui fora queiram ter a bondade sob o azul

o azul cacos mosaicos azulejos reunidos e desbotados

Poesia Diana Neptuno

a Justiça é cega minhas senhoras

mas ali estão so cisnes pretos devido ao ruído da cidade passam pelas grutas

e os seus pescoços

não, vejam com os vossos próprios olhos

e no parque cuidado por favor

em restauro as fachadas

já muitos caíram estenderam-se

como a deusa da Vitória dentro da hera

compreendem, todo esse tempo e o ruído

o  betão nos ossos corrói

um pequeno rosto olha-me, vindo do arbusto de buxo

como se fosse o meu

 

POEMA DE EVA CHRISTINA ZELLER

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:03



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas