Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




#2448 - Sem título

por Carlos Pereira \foleirices, em 17.06.17

O rio que nasce no mar:

Água salgada

Peixes com asas voam entre as algas e o alecrim

A árvore pasmada

Os ossos já dobrados

Pela idade avançada

Inversão de sentido só na nascente de pedras graníticas

Jáspeas

Que fica bem alto

Bem longe

No princípio de tudo

O sol que arrefece no espelho da alma

Escolher o sítio da desova

O urso à espreita

Velha sentinela

A luta que dura há séculos com tréguas nos intervalos

Corredores de fundo e obstáculos

Melhores que olímpicos

Não há medalhas para vencedores nem

Loas para os vencidos

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:01



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas