Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




#890 - Festival de Paredes de Coura

por Carlos Pereira \foleirices, em 24.07.09

Jazz e poesia durante o dia

Jazz e poesia durante o dia

Jazz na Relva ou Palavras na Relva são as alternativas que o Festival Paredes de Coura, a decorrer entre  29 do corrente e 01 de Agosto, oferece aos espectadores durante o dia, antes da actuação dos grupos de rock.

No Jazz na Relva apresentam-se vários projectos, o primeiro dos quais é protagonizado pelo baterista e percussionista Jorge Qaije e pelo tubista Sergio Carolino.

Esta formação com bateria, percussão, electrónica e tuba, centra o seu trabalho na exploração sonora de ritmos e melodias na zona graves do registo sonoro.

No próximo dia 31, o Space Ensemble, formado por Gustavo Costa, João Tiago Fernandes, Henrique Fernandes, João Martins e Rodrigo Amado apresenta o seu trabalho "Spy Quintet", inspirado no álbum "Spy Vs Spy" (Elektra, 1989) no qual John Zorn, Tim Berne, Mark Dresser, Michael Vatcher e Joey Baron interpretam temas de Ornette Coleman.

No último dia do festival, 01 de Agosto, o Jazz na Relva pertence a Manuel d'Oliveira, acompanhado por Paulo Barros ao piano e Zé Maria nos saxofones, num concerto em que serão revisitados temas de "Ibéria" e "Amarte", os seus dois trabalhos discográficos.

No Palavras na Relva, o primeiro dia abre com o escritor valter hugo mãe (vencedor do Prémio José Saramago), que é também vocalista do grupo Governo, que integra Miguel Pedro e António Rafael (ambos dos Mão Morta) e Henrique Fernandes (dos Mécanosphère).

Valter hugo mãe apresenta-se com o performer e poeta Tiago Gomes, letrista dos grupos A Naifa e Linha da Frente, vocalista e letrista do grupo Os Inspectores e editor da revista Bíblia.

Completa o elenco deste espectáculo Isaac Ferreira, membro fundador do colectivo poético Caixa Geral de Despojos, colaborador regular das Quintas de Leitura (do Teatro Campo Alegre, Porto) e coordenador da poesia nos "Ciclos de poesia e música" e nos "Encontros de Mário Cesariny", na Fundação Cupertino de Miranda.

A 31 de Julho, actua o Colectivo Silêncio da Gaveta, descrito como "uma trupe de saltimbancos das palavras, intérpretes sem trono dos afectos" que há dez anos realiza sessões de poesia em bibliotecas públicas, auditórios municipais, feiras do livro, encontros literários, galerias de arte, bares e emissões de rádio.

Este grupo tem desenvolvido uma linguagem poético-musical própria em que os ritmos e harmonias, a expressividade da palavra, o recurso de elementos cénicos e plásticos se fundem, quebrando o espartilho classicista do dizer poético.

A sua actual formação é constituída por: João Rios - (leituras), José Peixoto (guitarra), Tiago Pereira (violino) e Fátima Fonte (piano).

A 01 de Agosto é a vez do projecto poético-musical Mana Calórica, nascido em 2006, que alia a performance ao rock, ao punk e ao experimentalismo.

O grupo é constituído por António Pedro Ribeiro (voz), Rui Costa (guitarra) e André Guerra (guitarra).

 

notícia retirada do jornal "DN"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:03


Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas