Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Em Junho, novo romance de José Eduardo Agualusa

por Carlos Pereira \foleirices, em 18.02.13


O novo romance do escritor José Eduardo Agualusa, "A Vida no Céu", será publicado em junho, pela Quetzal Editores, anunciou hoje esta editora do grupo BertrandCírculo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:39


#1832 - Arvo Pärt - Silouans Song

por Carlos Pereira \foleirices, em 14.02.13

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:11


#1831 - Arvo Part - "Spiegel im Spiegel'

por Carlos Pereira \foleirices, em 14.02.13

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:06


#1830 - Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco

por Carlos Pereira \foleirices, em 07.02.13

 

Eduardo Palaio recebe Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco em Fevereiro

“Caixa Baixa” é a obra premiada

 

O Grande Prémio de Conto Camilo Castelo instituído pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão em conjunto com a Associação Portuguesa de Escritores (APE) é entregue ao escritor Eduardo Palaio no próximo dia 22 de Fevereiro, pela sua obra "Caixa Baixa". O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Armindo Costa, homenageia o vencedor do prémio numa cerimónia que vai decorrer na Casa de Camilo, em S. Miguel de Seide, a partir das 10h30. Para além do autarca estarão ainda presentes o presidente da APE, José Manuel Mendes, entre outras personalidades.

 

O prémio referente ao ano 2011, tem o valor de 7.500 euros, e foi atribuído por unanimidade pelo júri constituído por Domingos Lobo, Francisco Duarte Mangas, Serafina Martins e Fernando Miguel Bernardes.

 

"Caixa Baixa", publicado pelas Edições Colibri, reúne cinco contos históricos de Eduardo Palaio, escritor e artista plástico nascido em Sintra em 1942.

 

Eduardo Palaio é o 21.º escritor premiado com este galardão, depois de nomes como Pires Cabral, Mário de Carvalho, Maria Isabel Barreno, Luísa Costa Gomes, José Eduardo Agualusa, Afonso Cruz entre outros.

Refira-se que o Grande Prémio do Conto destina-se a galardoar anualmente uma obra em língua portuguesa de um autor português ou de um país da lusofonia.

 

A cerimónia da entrega do prémio ficará ainda marcada pela oferta à Casa de Camilo de uma tela a óleo do acervo particular da artista plástica Armanda Passos, intitulada “Retrato de Ricardina”, numa alusão ao romance camiliano com o mesmo nome datado de 1868.

 

In "Casa de Camilo"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:15

Nos EUA, as 400 pessoas mais ricas têm tanto como 150 milhões de pobres, avisa Robert Reich. Um documentário apresentado no festival de Sundance dá-lhe voz. E ele diz que é um mundo diferente é possível.



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:59


#1828 - Leitura de outros blogs

por Carlos Pereira \foleirices, em 04.02.13

Carta aberta a Pedro Passos Coelho

 
M. Conceição Batista

S.SOCIAL VERSUS PENSIONISTAS, REFORMADOS E APOSENTADOS (CARTA ABERTA A PEDRO PASSOS COELHO)


FALEMOS SÉRIO!!!!

Pedro é o trato que usarei para me dirigir a ti, naquilo que há para falarmos sério. Porque sou veterana, apesar de ter consciência de que não somos amigos.

 

Não és meu amigo, como me trataste, hipocritamente e de forma quase insultuosa, na tua mensagem de Natal. Eu não sou tua amiga, porque não tenho como amigos quem me insulta, quem procura humilhar-me, que mente e me tira o que a mim me pertence. Amigos respeitam-se. E eu não me sinto respeitada por ti, Pedro.

 

E não sou hipócrita ao dizer frontalmente o que sinto, na pele daquilo que é hoje o meu estatuto: pensionista, reformada APÓS 49 ANOS DE TRABALHO. Mais anos do que aqueles que tens de vida, Pedro.

 

Falemos sério, Pedro. Porquê essa obstinada perseguição àqueles que construíram riqueza nacional ao longo de muitos anos de trabalho, enquanto tu, Pedro, crescias junto de pais que, creio, trabalhavam para tudo te darem, e que hoje não valorizas como esforço enquanto cidadãos e enquanto pais?

 

Porquê essa perseguição obsessiva àqueles que construíram um país de verticalidade, de luta e resistência, enquanto caminhavas nas hostes dos boys de um partido disponível para compensar aqueles que gostam de “engrossar” a voz, mesmo que desrespeitando os que tudo fizeram pela conquista do espaço democrático, onde cresceste em liberdade? Uma liberdade conquistada, muito suada, e por isso ainda mais digna de ser respeitada?

 

Respeito, Pedro, é o que se exige por aqueles que hoje persegues, lesto e presto sem sentido, como que procurando um extermínio que não ousas confessar.


LER MAIS

 

Retirado do blog "AVENTAR"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:03


#1827 - ALMA DOS LUGARES

por Carlos Pereira \foleirices, em 04.02.13

"Cada terra é fechada como uma noz verde, e não se pode alcançar o seu mistério tão simplesmente. Digo isto porque toda a gente pensa que Portugal inteiro é a mesma coisa. Que não há diferenças. Mas há, e muitas. Até o falar é diferente de lugar para lugar. Até o sol aquece menos num ponto da terra que noutro, e a água tem variados sabores nas levadas do Marão, na Serra do Gerês. Só a gente leviana entra numa cidade como Amarante e começa a falar como se fosse íntima e como se soubesse tudo. A alma dos lugares não é superficial, é única e distante. Eu não me atrevia a chegar com um braçado de opiniões, e partir descansada sobre a impressão que deixava ficar.  É preciso ser discreto para ser recebido como irmão.

 

O espírito é sensível ao seu carácter nacional, que para a Inglaterra é o carácter puritano, para a França o revolucionário, para a Espanha o duma visão cavalheiresca da existência. A Espanha é o país da Europa onde os princípios que derivam da antiga cavalaria mais perduram ainda.

 

 

AGUSTINA BESSA-LUÍS in "Dicionário Imperfeito", edição Guimarães Editores, Junho 2008

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:44


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Links

Outras Foleirices

Comunicação Social

Lugares de culto e cultura

Dicionários

Mapas

Editoras

FUNDAÇÕES

Revistas